Opinião

“Aqui, as pessoas realmente gostam e sabem dançar!” – Portugal/Mongólia

Conhecemos a Sarnee no último sábado, numa jornada de primeiros socorros – First-Aid Day Event, enquanto víamos a pressão arterial às pessoas.

Ela nos ajudou como tradutor e no final convidou-nos para sua escola, para que conversarmos com os seus colegas. Na verdade, pensámos que seria uma mera conversa com os alunos, mas quando chegamos o que aconteceu foi absolutamente impressionante.

Fizeram-nos entrar num grande auditório com um “bem-vindo” todos os alunos nos aplaudiram! Vimos duas cadeiras no centro: eram para nós.

Então, percebemos que eles tinham-nos preparado um espectáculo. Em primeiro lugar, um rapaz tocou guitarra tradicional mongol e uma menina cantou uma canção local. Depois, apresentaram-se em Inglês, com a ajuda de professores de inglês, e tivemos oportunidade de ter uma boa conversa sobre os nossos países, mas também escolas, clubes escolares, passatempos, planos e sonhos.

Em seguida, organizaram-se dois grupos para nos ensinar o jogo nacional mongol. Após os jogos, bem divertidos, houve uma sessão de dança, com coreografias de música moderna.

Aqui, as pessoas realmente gostam e sabem dançar!

Estamos muito gratos por este momento, e também impressionados, principalmente pelo nível da organização do evento. Na verdade, a maioria das coisas foi organizada pelos alunos, provando ser uma iniciativa excelente, com autonomia, responsabilidade e dinamismo. Além disso, a organização da escola ajuda, estimulando as crianças a formar clubes diferentes em diferentes áreas (ecologia, esportes, artes, etc).

Memorável!

Miguel Jeri e Luís Rodrigues na Mongólia

Com Khandmaa, médica da 85th school dormitory, e a sua filha Gachuurt, perto de Ulan-Bator.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta