Opinião

A Permanência – Henrique Gomes

 

Confirmou-se que na próxima época desportiva iremos alargar o perímetro e encontrar novos adversários- é agradável saber que desta vez os resultados desportivos nos foram favoráveis.
O futebol assemelha-se a um elevador- ora estamos em cima ora mais abaixo e que este desce e sobe é por vezes decidido por factores aleatórios ou vontades alheias.

No caso da actual Ovarense, penso que o mais importante é a permanência, a partilha, a uniformidade entre os que jogam e os que apoiam, independentemente do destino da bola pontapeada.
Verdadeiramente crucial é a permanência de um espírito comum aos que estão dentro e fora do relvado- esta comunhão é um campeonato em que queremos ficar sempre bem colocados.

A permanência da uniformidade entre os que jogam e os que não jogam será mais importante do que o algarismo que classifica a divisão do campeonato a disputar- percebe-se claramente que existe um fenómeno de simbiose entre os que jogam e os que apoiam.

O renascimento do clube e a reanimação do velho Marques Da Silva são consequência desta comunhão- a permanência destes valores de partilha e identificação deverá ser sempre mais valorizada do que o escalão em que se joga.

Se a esta comunhão conseguirmos juntar vitórias e subidas de escalão, tanto melhor.

Parabéns Ovarense!
Henrique Gomes

Artigos relacionados

Deixe uma resposta