CulturaSlider

“Simetrias Triviais” no Maio do Azulejo

A exposição “Simetrias Triviais” de Pedro Lopes, está patente até ao dia 31 de Maio, no Espaço Aberto, numa parceria com a Santa Casa da Misericórdia de Ovar.

Segundo o autor, o conceito de “Simetrias Triviais” baseia-se na forma matemática de criação das geometrias presentes no azulejo. “Os painéis e simetrias que se podem ver nesta exposição apresentam, na sua maioria, eixos de reflexão de ordem 4 e ordem 2, sendo estes os mais comuns nas fachadas de azulejos das nossas cidades”.

Este tipo de simetria diz-se de trivial, embora aqui a palavra trivial, não tenha nenhum sentido pejorativo e é usado apenas no sentido matemático e não no seu sentido estético. Por outro a lado, a mesma trivialidade, agora no seu sentido estético, encontra-se presente nas imagens desta exposição, que na sua origem são meros registos fotográficos – desde um detalhe urbano ou um simples marcador de uma mesa na esplanada de café.

Tomando como referência a geometria utilizada na decoração do azulejo e a sua presença no nosso meio enquanto elemento decorativo urbano, procede-se à desconstrução de imagens fotográficas e à sua posterior reconstrução para dar origem a novos padrões geométricos que pretendem representar, de forma descomprometida, uma abordagem do azulejo com uma estética apelativa, dinâmica e contemporânea.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta