CulturaSlider

Apresentação do livro “Mártires de uma Guerra sem nome, nem rosto”

As instalações de Ovar da União das Freguesias (UFO) foram palco do lançamento do livro “Mártires de uma Guerra sem nome, nem rosto”, de Carlos Pombo.
O autor, natural de Lisboa, mas a residir em Ovar há muitos anos, desvendou que a obra “conta a história da minha vida, valoriza a minha família em todo o meu percurso e por tudo o que passei”. Sem ela, frisou, “este livro não teria sido possível”.

Em resumo, “na vida, fui subindo, degrau a degrau, até atingir patamares de um ser humano surpreendente”, mas não deixou de ser “uma vida de muito sofrimento, de sofrer até à exaustão”.

A edição de texto de “Mártires de uma Guerra sem nome, nem rosto” esteve a cargo de Dinis Amaral, director-adjunto do jornal Praça Pública. “Até ao momento em que o autor se abeirou de mim para falar sobre o projecto do livro, eu não o conhecia”, recordou. “A partir desse momento e do trabalho que fizemos em conjunto, passei a admirá-lo, pelo seu admirável percurso de vida, que lhe deixou marcas e que eu aconselho vivamente que leiam neste livro”.

Dinis Amaral agradeceu à UFO pela “disponibilidade revelada desde a primeira hora para esta iniciativa, pois é isto que uma autarquia deve ser, estar de portas abertas e aqui sabemos que isso acontece. Obrigado”.

Bruno Oliveira, presidente da UFO agradeceu, referindo que “esta casa está sempre disponível para acarinhar os autores e os artistas da nossa terra”. “Não fazemos mais que a nossa obrigação”. E prometeu: “Vamos continuar assim, porque julgamos que estamos no caminho certo”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta