CulturaSlider

“Artes Incoerentes: O Cabinet de Alvess” para ver

O Museu de Arte Contemporânea de Serralves traz ao município de Ovar a exposição “Artes Incoerentes: O Cabinet de Alvess”. A mostra, produzida em parceria entre a Fundação de Serralves e a Câmara Municipal de Ovar, pode ser vista até ao próximo dia 31 de maio, na Galeria Centro de Arte de Ovar.

Alvess é o nome artístico de Manuel Alves (Viseu, 1939 – Paris, 2009), que viveu grande parte da sua vida em Paris, onde decidiu acrescentar um “s” ao seu nome rendendo-se ironicamente à forma como ele era pronunciado pelos franceses.

Alvess sempre trabalhou com grande constância e produziu um grande número de obras, mas foram poucas as vezes em que mostrou o seu trabalho publicamente. Assim, quando o Museu de Serralves lhe dedicou uma exposição antológica em 2008, foi apresentado como “um dos artistas mais secretos e singulares até agora apresentados no Museu”.

Essa exposição antológica apresentou cerca de 40 anos de carreira e mostrou uma obra diversificada e complexa, composta por pinturas, desenhos, fotografias, filmes, objetos, arte postal e performance. Depois da exposição foi incorporado na Coleção de Serralves um conjunto muito significativo de obras de Alvess, que permite ajudar a desvendar o “artista secreto”.

A exposição que agora estará patente na Galeria Centro de Arte de Ovar, ao apresentar um núcleo considerável destes trabalhos em diálogo com outros artistas presentes na Coleção de Serralves, divulga uma vez mais um autor ainda pouco conhecido, mas que, apesar do isolamento em que trabalhou, construiu uma obra em que se detetam processos e preocupações comuns a artistas seus contemporâneos, nomeadamente a promoção da indistinção entre a arte e a vida.

Lista de artistas na exposição:

Alvess, Fernando Aguiar, John Baldessari, António Barros, James Lee Byars, Manuel Casimiro, Mauro Cerqueira, Robert Filliou, Ana Hatherly, Alex Hay, Rita McBride.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta