Local

Autarquia apoia renda, água e luz de mais famílias

A Câmara Municipal vai atribuir um apoio ao arrendamento para habitação a mais 11 indivíduos isolados e/ou agregados familiares, a título excepcional, dada a necessidade e carência comprovadas.

Assim, no ano de 2014, o Município de Ovar apoia 95 indivíduos isolados e/ou agregados familiares, na sequência da 1ª fase de candidaturas de 2014, e a título excecional apoia mais 21 famílias, perfazendo um total de 116 apoios, representando um investimento municipal de 160.360,80 euros.

O subsídio ao arrendamento para habitação atribuído pela autarquia, ao abrigo do Regulamento para Atribuição de Subsídio ao Arrendamento para Habitação do Município de Ovar, consiste na atribuição de uma comparticipação/apoio de 50% do valor da renda, até ao limite máximo de 125 euros por mês, e tem a duração de 12 meses, renovável por igual período, até ao limite máximo de 60 meses, não estando sujeitas a este cômputo temporal as pessoas com idade igual ou superior a 65 anos. A renovação mencionada anteriormente não é automática, estando sujeita a nova candidatura.

Ainda em matéria de ação social, nesta reunião do executivo camarário, foi deliberado, por unanimidade, atribuir mais 23 apoios para pagamento da fatura da água e saneamento a famílias carenciadas do Município de Ovar, representando um investimento de 3.816,00 euros.

Assim, no ano de 2014, a autarquia encontra-se a apoiar um total de 68 famílias, representando um investimento municipal de 11.856,00 euros.

Trata-se de um apoio que consiste na atribuição de um subsídio mensal de valor variável, entre os 10 e 20 euros por indivíduo isolado e/ ou famílias, sendo que o valor a atribuir depende do número de elementos que compõem o agregado familiar. E tem a duração de 12 meses, podendo ser renovável por igual período de tempo, caso se mantenham as mesmas condições de acesso, obrigando sempre à apresentação de nova candidatura e documentação atualizada.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta