CarnavalSlider

Bandeira portuguesa com Ovar na Marquês do Sapucaí

André Seixas, um vareiro radicado no Brasil, desfilou na bateria da Escola de Samba da Portela com a bandeira portuguesa e o símbolo de Ovar orgulhosamente estampados no tamborim.

A Portela cotou-se, este ano, como uma das favoritas à vitória no primeiro ano do carnavalesco Paulo Barros, na tentativa de dar fim a um jejum que dura desde 1984.

A escola desfilou sob os gritos da bancada “É campeã!” e podia ter alcançado o seu 22.º título. A Portela levou para a avenida 45 alas, sete carros e 3.800 componentes com o enredo “No voo da águia, uma viagem sem fim”, causando sensação o Poseidon que flutuava com jactos de água na abertura do desfile (ver em baixo).

André Seixas também desfilou na Caprichosos de Pilares, da série A, uma espécie de segunda divisão, que se debateu com diversos problemas, como a falta de fantasias para os integrantes da escola ou a greve dos funcionários que empurram carros alegóricos. “Foi muito triste, tirando a bateria que foi show”, comentou na sua página do Facebook.

Classificação

1º Mangueira 269,8 pontos

2º Unidos da Tijuca 269,7 pontos
3º Portela 269,7 pontos

standcf80storecarnaval

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta