ComunicadosPolítica

BE grava vídeo com os moradores do Bairro da Misericórdia

[themoneytizer id=”16574-1″]

Correspondendo aos anseios manifestados pelos moradores do Bairro da Misericórdia (Ovar), durante os últimos meses o Bloco de Esquerda de Ovar veio desenvolvendo em conjunto com estes munícipes, iniciativas que visam promover o exercício de cidadania ativa, através da sua participação no debate e na elaboração de reivindicações, para defesa de melhor qualidade de vida, nomeadamente, na fase em que o Município tomou finalmente posse das áreas de terrenos envolventes no Bairro, cedidos pela Santa Casa da Misericórdia de Ovar.

Foi então desenvolvido um processo de entusiástica participação democrática dos moradores, que assumiram em mão a elaboração de um conjunto de considerandos e propostas concretas, que consideram deverem ser tidas em linha de conta pelo Executivo Municipal e integrarem o projeto camarário para a requalificação das referidas áreas envolventes no Bairro.

O documento dos moradores, contem pontos essenciais para a sua qualidade de vida e qualidade da própria paisagem arquitetónica de um Bairro tradicional integrado na malha urbana da cidade de Ovar, como: Saneamento Básico; Águas-Pluviais; Abastecimento de Água; Cabos subterrâneos; Espaços Verdes e de Lazer; Acessibilidades e Revisão do PDM-Plano Diretor Municipal.

Entre as preocupações dos moradores, destaca-se o que consideram ser, “um atentado urbanístico neste Bairro”, que resulta de uma construção que descarateriza o conjunto habitacional de um Bairro com mais de meio século, que ironicamente foi facilitado pelo próprio PDM.

Toda esta experiencia, partilhada e vivenciada por um conjunto de moradores que assumem a defesa do seu bairro com mais qualidade aos vários níveis, e que desta forma querem ter voz no futuro projeto camarário para intervenção no Bairro da Misericórdia, está testemunhada num vídeo promovido pelo BE de Ovar que foi lançado publicamente no dia 29 de abril.

Ver vídeo neste link:

https://www.facebook.com/watch/?v=315996192409937

Artigos relacionados

Deixe uma resposta