Política

BE quer ver projecto do Jardim Almeida Garrett

Na sequência do abate de árvores (plátanos), no âmbito das obras de requalificação urbanística, a decorrerem no mais antigo jardim público de Ovar, Jardim Almeida Garrett, o BE exige que a Câmara Municipal de Ovar mostra o projecto avaliado em 300 mil euros e o caderno de encargos da empreita que abrange intervenção numa área de 9 000 m2.

O grupo municipal do BE considera, em comunicado, “verdadeiramente insuficiente” que seja “apenas público o mero contrato desta obra, em que se fica a saber que a mesma visa a renovação de todo o pavimento interior do jardim; a renovação da iluminação (melhorando a eficiência energética); a implementação de novo mobiliário urbano; a melhoria de acessos pedonais para pessoas com mobilidade reduzida”.

O BE considera que a “ausência de publicitação visível do projecto impede que este tenha a transparência devida e que os cidadãos dele sejam devidamente informados”. “Tal impede também o democrático exercício de cidadania no acompanhamento das alterações entretanto verificadas no decorrer das obras, nomeadamente a relação do projecto com o meio ambiente existente”.

O Bloco quer igualmente saber que abate de árvores estava previsto no projecto e que critérios levaram ao abate de 8 plátanos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta