LocalSlider

Câmara recupera habitações sociais sem obras de fundo há duas décadas

A Câmara de Ovar anunciou hoje que vai consignar na próxima sexta-feira, feriado municipal, a empreitada destinada a recuperar 50 fogos de habitação social do Furadouro, a maioria dos quais sem reparações profundas há 19 anos.

Em causa está o Conjunto Habitacional a Sul do Furadouro, onde a autarquia é proprietária de 36 fogos construídos em 1995 e 14 concluídos em 2000.

Considerando que essas construções “nunca foram objeto de uma intervenção de fundo desde a sua construção”, o presidente da Câmara, Salvador Malheiro, classificou a obra como “absolutamente necessária”.

“O nosso desafio principal é melhorar a qualidade de vida dos munícipes e promover o progresso e desenvolvimento territorial”, afirmou o autarca. “Sem coesão social e territorial não há verdadeiro desenvolvimento e nas comemorações do Dia do Município que se aproximam vamos dar mais um contributo para esse desafio”, acrescentou.

A beneficiação dos 50 fogos sociais do Furadouro envolve um investimento na ordem dos 125.000 euros e contempla trabalhos tanto no interior como no exterior das casas.

O principal objetivo da intervenção é substituir todos os telhados, no que se incluem também intervenções como a mudança de rufos, caleiras e canalização para escoamento de águas pluviais, assim como a aplicação de revestimentos e reparações pontuais.

O prazo de execução da obra é de 120 dias, após o que a autarquia pretende dar continuidade a outros projetos no âmbito da habitação social.

“O terceiro eixo estratégico do nosso plano de ação visa a coesão social e a coesão territorial.”, explicou Salvador Malheiro. “Neste eixo, definimos medidas concretas para a habitação social, que preveem a construção de mais fogos e a manutenção e reabilitação dos existentes”, revelou.

A autarquia pretende também uniformizar os critérios de aplicação das rendas sociais e intervir junto das famílias, num contributo global para “melhorar a qualidade de vida dos munícipes de Ovar”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta