LocalSlider

Casal vendeu artigos que devia guardar

A PSP de Ovar identificou ontem, pelas 14 horas, um homem, de 60 anos, desempregado, e uma mulher, de 51 anos, comerciante, por suspeita da prática dos crimes de abuso de confiança e recetação.

Alegadamente, a vítima, uma mulher, de 46 anos, terá deixado a guardar vários dos seus pertences na residência do suspeito, durante 3 meses, aquando da mudança da sua habitação, tendo este, no entanto, vendido parte dos artigos.

Depois de efectuadas diligências por parte da esquadra de Ovar, a fim de reaver os bens da lesada, foram recuperados alguns artigos que estavam expostos para venda num estabelecimento comercial, situado em Ovar, nomeadamente, 2 móveis de sala/TV; 1 mesa rectangular; 1 armário guarda-fatos; 1 estante de madeira; 1 estante/armário de quarto; 6 cadeiras; 1 armário/módulo em cubo, 1 sapateira de madeira, 1 armário de arrumação, em madeira; e 14 caixas de cartão e 15 sacos (contendo livros, louças, brinquedos e outros pequenos utensílios).

A investigação continua a decorrer naquela Esquadra.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta