PolíticaSlider

CDS: Candidato critica Operação de Reabilitação Urbana da Cidade

Filipe Marques Gonçalves, candidato do CDS-PP à presidência da Câmara Municipal de Ovar, considera ser uma “contradição a aprovação de uma Operação de Reabilitação Urbana da Cidade de Ovar (ORU), descurando, ao mesmo tempo, uma data importante nessa matéria: o Dia Nacional dos Centros Históricos” (assinalado a 28 de Março).

Por quase todo o País, esta data é assinalada com diversas temáticas e dinâmicas relacionadas com a reabilitação e com o património, “em relação a Ovar, fazemos parte da excepção”, critica.

Segundo o candidato, “em Ovar, a ORU não delimita nem define, como não salvaguarda, nem potencializada o Centro Histórico de Ovar”, defendendo que “é necessário promover a discussão e criação de um instrumento de ordenamento e gestão do centro histórico de Ovar com o respectivo regulamento que se pretende implementar”.

Adiantando, na página oficial de candidatura do Facebook, algumas propostas sobre o assunto, Filipe Marques Gonçalves considera a “salvaguarda e recuperação do património um dever indeclinável das entidades competentes e da população que nele habita e o visita, sendo, por isso, importante a existência de regulamentação sobre o modo de intervir no seu tecido e nos imóveis, para que não se ponha em causa o que, no momento actual, se considera fundamental preservar para o futuro, mas sem esquecer que, em comunhão com o que é antigo, se deve afirmar o tempo presente”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta