Política

CDS pede à Assembleia para averiguar uso de viaturas

 

O deputado do CDS na Assembleia Municipal de Ovar, Fernando Camelo Almeida, quer que o órgão do município averigue “a utilização de viaturas municipais para fins não condizentes com a actividade autárquica” por considerar “imprescindível evitar especulações sobre esta matéria” e garantir, “com total transparência, um cabal esclarecimento junto da população”.

O CDS pede, em específico, “extractos de Via Verde relativos aos últimos seis meses” de utilização de todas viaturas ao serviço do Executivo, entre as quais um Volvo S80 e um Lexus LS500h, e também “extractos de cartões de combustível” e “informação sobre todas as multas e transgressões rodoviárias” associadas a esses automóveis.
O eleito municipal entende que a Assembleia Municipal é “o órgão fiscalizador do executivo camarário e não pode, nem deve, demitir-se da sua função fiscalizadora”.

O Departamento Administrativo, Jurídico e Financeiro da Câmara Municipal de Ovar, não negando a presença das viaturas municipais em eventos da estrutura nacional do PSD, informou a Lusa que o uso desses veículos “insere-se no domínio da sua afectação ao exercício das funções cometidas ao presidente do executivo, nomeadamente em matéria de representação política, a par da participação em várias reuniões de trabalho e sessões públicas e privadas com diferentes entidades e organismos”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta