Terça-feira , 12 Dezembro 2017
Ler também:
CDS-PP: Fernando Camelo de Almeida vota contra taxa de IMI

CDS-PP: Fernando Camelo de Almeida vota contra taxa de IMI

O representante do CDS-PP na Assembleia Municipal votou contra a manutenção da taxa de IMI – Imposto Municipal sobre Imóveis, proposta pelo executivo, por defender que o valor da taxa a aplicar devia baixar.

Na sessão extraordinária do órgão deliberativo que decorreu na segunda-feira, Fernando Camelo de Almeida defendeu a redução da taxa de IMI, manifestando ao executivo liderado pelo social-democrata Salvador Malheiro, que “não faz qualquer sentido aplicar-se a terceira taxa mais elevada do distrito quando a informação que temos da Câmara Municipal é que tem uma situação financeira bastante saudável”.

O eleito argumentou que “a baixa do IMI para a taxa mínima (0,30%) permitiria uma redução de despesa para muitas famílias e tornaria o nosso concelho mais atractivo para a compra de casa e consequentemente para a fixação de pessoas no Município”.

O eleito concorda, no entanto, com os critérios usados para a aplicação da referida taxa que acabou por ser aprovada por maioria.

Deixe uma resposta