Local

(Concelho de) Pereira Jusã recorda glórias passadas

[themoneytizer id=”16574-1″]

 

É desconhecida a época em que Pereira Jusã foi elevada a concelho. Supõe-se que poderá ter sido antes da fundação da monarquia. Certeza é o facto que essa elevação se deu devido a um estado adiantado de progresso e importância comercial. Só assim se justifica essa elevação.

O antigo concelho de Pereira Jusã, que pertenceu sucessivamente às comarcas de Esgueira, Aveiro, Feira, Oliveira de Azeméis e Ovar, era inicialmente formado por partes das freguesias de Ovar, S. Vicente de Pereira e Válega. Mais tarde, com a formação do concelho de Ovar, passou Pereira Jusã a ser constituído pelas freguesias de S. Vicente de Pereira e Válega, no seu todo. No entanto, o concelho de Pereira Jusã estava já na fase decadente da sua importância, gradualmente perdida para Ovar. O golpe final aconteceu por um decreto de 28 de Dezembro de 1852. O concelho de Pereira Jusã era extinto e incorporado no de Ovar.

Em 1514, foi concedido foral à Vila de Pereira pelo Rei D. Manuel I. O símbolo do concelho de Pereira Jusã era o seu pelourinho, do qual hoje podemos encontrar uma réplica, no centro histórico do que foi em tempos a vila de Pereira (hoje apenas é o lugar de Pereira) e que em tempos remotos chegou a ser o Concelho de Pereira Jusã.

A efeméride tem sido recuperada num esforço conjunto da Junta de Freguesia de Válega com o apoio dos Amigos do Antigo Concelho de Pereira Jusã (AACPJ).

Programa:

Estre ano, decorre a 2 de Junho, a partir das 21 horas, na Praça da Câmara Municipal de Pereira Jusã, com uma programação que inclui um cortejo de abertura, danças medievais pela Companhia Vareira, recitação de poesia trovadoresca, dramatização da “Lenda da Mina dos Mouros”, pela AACPJ, actuação do grupo medieval “A TRuPe – Animação Teatro de Rua e Percussão” e de cuspidores de fogo, finalizando com a leitura de um excerto da Carta de Foral.

No dia seguinte, dia 3 de Junho, o mesmo local é o ponto de partida, às 09 horas, da caminhada da AACPJ, seguida da “Apanha do Porco” na cerca, com a atribuição de prémios aos três apanhadores mais rápidos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta