Empresas

Elastic Tek contemplada no “Plano Cem” do Governo

O secretário de Estado da Indústria, João Vasconcelos, visitou, esta terça-feira, a Elastic TeK – Indústria de Plásticos, SA, que se encontra em fase de instalação no lote 23 da Zona Industrial de Ovar – 2ª Fase.

João Vasconcelos foi recebido nos Paços do Concelho, pelo presidente da Câmara Municipal, Salvador Malheiro, e seguiu para uma visita às instalações da nova unidade fabril, onde onde anunciou o desbloqueamento de um apoio de 4 milhões de euros para fazer face ao investimento da empresa de alta tecnologia que se prepara para fabrico de fraldas e produtos de higiene em geral.

Esta foi a primeira de uma série de visitas relacionadas com o “Plano Cem”, através do qual o Governo pretende injectar 100 milhões de euros na economia, nos primeiros 100 dias de governação. João Vasconcelos explicou que se “pretende desbloquear verbas do Programa 2020, desatando vários nós, através de medidas que facilitem o acesso aos fundos estruturais e ao investimento”.

O secretário de Estado revelou que, anteontem, já foram feitos vários pagamentos a empresas, no valor de quase 15 milhões de euros. “Este é um sinal que o Governo quer dar, no sentido de dizer que valoriza estes investimentos, por serem tão importantes para Portugal, em especial no momento que atravessamos”.

O governante justificou a visita à “Elastic Tek” por se tratar de “um investimento em alta tecnologia que visa fabricar produtos para exportação”, enaltecendo que “esta empresa já tem a obra quase pronta, sendo um bom exemplo de que há empresários que não estão à espera”.

Segundo João Vasconcelos, persistem “atrasos que queremos resolver superando algumas etapas previstas e a mensagem que queremos deixar aos empresários é que vale a pena investir, e quando fizerem os pedidos de pagamento o Governo estará cá para cumprir com a sua parte, retirando, por exemplo, exigências de garantias bancárias que podem ser resolvidas com a Sociedade Portuguesa de Garantia Mútua”.

Dos 700 milhões de incentivos aprovados no âmbito do programa 2020, há, neste momento, 250 milhões de pedidos de pagamento.

O presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, considerou “importante a visita a uma zona com um tecido industrial consolidado e que precisa de apoio do Governo, pois é preciso desbloquear uma série de situações”. “Este investimento tem tido o acompanhamento máximo por parte da edilidade, porque sabemos que vai ter uma influência directa na nossa comunidade”, acrescenta.

O edil vareiro diz que, “aparentemente, as intenções da Secretaria de Estado são as melhores, e esse é o caminho, porque temos de atrair investimento nacional e estrangeiro para combater o desemprego”.

A “Elastic Tek”, que deverá começar a laborar em Março ou Abril próximos, vai produzir componentes plásticos para o fabrico de fraldas e produtos de higiene em geral, como bolsas para pensos higiénicos. Quando estiver a funcionar em velocidade de cruzeiro, em 2019, tem uma previsão de facturação anual de 24 milhões de euros.

Miguel Moreira, administrador da “Elastic Tek”, pormenorizou que, neste momento, “estamos a aguardar a chegada de uma extrusora, que está a ser montada em Itália, e esperamos começar a exportar a partir de Junho”.

A instalação da empresa representa um investimento de 17 milhões de euros e a criação de 33 postos de trabalho.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta