EmpresasSlider

Empresas químicas concretizam projectos comunitários

As empresas químicas do PACOPAR entregaram, esta quarta-feira, apoios financeiros no valor de 38.500 euros para ajudar a concretizar 12 projectos de intervenção educativa, social e de protecção civil em Estarreja. As subvenções entregues pela Air Liquide, AQP, CIRES, CUF-QI e Dow Portugal irão beneficiar 11 entidades: escolas, bombeiros, instituições particulares de solidariedade social (IPSS’s) e outras de apoio à habitação, a idosos e a pessoas com deficiência.

Estes donativos fazem parte do programa anual de apoios financeiros do PACOPAR e irão cofinanciar diversas ações comunitárias no concelho de Estarreja. Entre os contemplados, estão projetos que pretendem criar atividades extracurriculares para potenciar a aprendizagem das ciências naturais e da química, a criação de espaços inclusivos para alunos com necessidades educativas especiais, obras de restauro de instalações de lares e centros de dia, contribuição para a aquisição de viaturas e outros equipamentos para os serviços de lar, apoio domiciliário, centro de dia e formação a pessoas com deficiência, ajuda na manutenção de habitação social e ainda equipamento para bombeiros.

“O nosso enfoque dos últimos anos tem sido este, ajudar o que nos parece mais premente em termos sociais, sem esquecer as áreas de educação e proteção civil que estão no âmago da ação do PACOPAR. Perante um panorama social que continua necessitado, tentamos desta forma contribuir para a melhoria da qualidade de vida de Estarreja, nomeadamente de um setor da sociedade mais desfavorecido e atingido com a conjuntura económica dos últimos anos”, refere Pedro Gonçalves, diretor industrial da CIRES e atual responsável do Secretariado do PACOPAR.

As entidades beneficiárias este ano foram os agrupamentos de Escolas de Estarreja e de Pardilhó, a Associação Quinta do Rezende, a Associação de Solidariedade Estarrejense, os Bombeiros Voluntários de Estarreja, o Centro Paroquial e Social de Avanca, o Centro Paroquial de Assistência da Freguesia de Pardilhó, o Centro Social e Paroquial S. Miguel de Fermelã, a Cerciesta, a Filantrópica Veirense e a Santa Casa da Misericórdia de Estarreja.

O programa de apoios financeiros do PACOPAR é promovido pelas empresas do Complexo Químico de Estarreja (Air Liquide, AQP – Aliada Química de Portugal, CIRES, CUF-QI e Dow Portugal), tendo como objetivo ajudar a concretizar projetos sem fins lucrativos, que tenham uma intervenção na comunidade de Estarreja e contribuam para melhorar a qualidade de vida da população local.

Sobre o PACOPAR

Com a missão de actuar positiva e proactivamente na comunidade, no sentido de incrementar a parceria, a confiança, o conhecimento e crescimento mútuos, trabalhando em acções conjuntas, o PACOPAR – Painel Consultivo Comunitário do Programa Atuação Responsável®, de Estarreja, foi formado em 2001, pelas cinco empresas do Complexo Químico de Estarreja, às quais se juntaram organismos concelhios e distritais dos serviços de saúde, educação, segurança e protecção civil, a Câmara Municipal de Estarreja e a Associação Portuguesa das Empresas Químicas.

Tendo nascido com o intuito de reforçar a coesão das indústrias químicas com a comunidade local, dando assim cumprimento aos princípios de Actuação Responsável, o PACOPAR rege-se por uma conduta de promoção do desenvolvimento sustentável, tentando encontrar soluções mais eficazes e integradas para o impacto da atividade química na região e para os problemas gerais comunitários.

A Actuação Responsável é um programa global de iniciativa voluntária da indústria química, baseado na assunção de um compromisso de segurança e responsabilidade social das suas operações e produtos, desde a investigação em laboratório até ao consumo final. Pela sua ação, o PACOPAR foi distinguido com o Prémio Europeu de Atuação Responsável 2005, pelo Conselho Europeu da Indústria Química.

Actualmente, são membros do PACOPAR: Air Liquide, Aliada Química de Portugal, CIRES, CUF-QI, Dow Portugal, APEQ – Associação Portuguesa das Empresas Químicas, Câmara Municipal de Estarreja, Centro de Saúde de Estarreja, Centro Hospitalar do Baixo Vouga, Bombeiros Voluntários de Estarreja, Agrupamento de Escolas de Estarreja, Agrupamento de Escolas de Pardilhó, Cegonha – Associação Ambiental de Estarreja, GNR, SEMA – Associação Empresarial, TJA – Transportes J. Amaral, Universidade de Aveiro, Associação de Moradores da Urbanização da Póvoa de Baixo e Juntas de Freguesia de Salreu, Avanca, e Beduído e Veiros. As referências a PACOPAR ou a Painel remetem para o Painel Consultivo Comunitário de Actuação Responsável de Estarreja.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta