LocalSlider

Festas do Furadouro vão abençoar o Mar

O programa oficial das Festas do Mar do Furadouro contempla, este ano, uma visita ao tapete de flores, no final da procissão deste domingo. O tapete executado na na Avenida da República, tornou-se numa atracção dentro da festa, organizado e executado pelos “Amigos do Tapete”, grupo nascido no Café Rocha.

Esta tarde, realiza-se a “majestosa” procissão com Benção ao Mar, acompanhada pela Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Ovar e Banda Filarmónica Ovarense. Para além de reprovarem a participação de uma Banda de Gaitas espanhola na procissão, as zeladoras da capela também criticam o facto da comissão dos amigos do Furadouro não colaborar na decoração da capela ou dos andores. O pároco também já demonstrou desconforto com a situação.

Os andores ricamente decorados, transportados por homens e mulheres, em muitos casos, oriundos de famílias ligadas à pesca, desceram ao areal durante dezenas de anos para que a bênção decorresse junto ao mar. Por força da erosão costeira que, na praia do Furadouro, conhece um dos pontos mais graves da costa portuguesa, a procissão deixou de ir à praia.

Assim, a tradicional Benção do Mar faz-se em terra, com o pároco, virado para o aceano, como habitualmente, a agradecer um ano de safra e a pedir protecção para “todos os que navegam no mar e que das suas águas arrancam o sustento para as suas famílias e para os que enfrentam as tempestades e as cheias”.

O último dia das Festas do Mar, segunda-feira, 10 de Setembro, inicia-se às 9 horas com uma salva foguetes, continua com a actuação do Grupo 3D (21h30) e uma “morteirada de encerramento das festas”, à meia-noite.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta