Domingo , 24 Setembro 2017
Ler também:
Filmes locais são “estrelas” do “AVANCA 2017”

Filmes locais são “estrelas” do “AVANCA 2017”

avanca 17

No ano em que celebra a sua 21.ª edição, o AVANCA – Encontros Internacionais de Cinema, Televisão, Vídeo e Multimédia abre uma janela para um novo cinema português. António Costa Valente, presidente do Cine-Clube de Avanca, adiantou, ontem, em conferência de imprensa, que o certame terá, pela primeira vez, cinco filmes portugueses integrados na competição internacional deste ano e 12 filmes escolhidos para a Competição Avanca, que visa premiar obras produzidas ou rodadas na região.

Além destas, há ainda 10 filmes portugueses em estreia mundial nas competições de cinema, dois deles de longa-metragem, no festival que se estende de 26 a 30 deste mês em Avanca. “Estes números indicam que estes 20 anos valeram a pena, porque há cinema por cá e isso tornou-se numa marca importante”, destacou Costa Valente.

O AVANCA já teve o seu pré-festival no centro Cultural Pilar Miró, em Madrid, passa agora por Avanca e a seguir vai fazer uma retrospectiva a São Luís do Maranhão, no Brasil, no que será o fecho internacional do festival. Costa Valente consiodera importante promover “uma ligação com os nossos vizinhos geográficos e com os nossos vizinhos de língua”.

“Queremos que o AVANCA tenha uma outra dinâmica e isso está a acontecer este ano, enfatizando o responsável pelo certame que “teremos 5 filmes portugueses a concurso, o que significa uma presença muito forte do produção nacional no festival deste ano”.

Destaque igualmente para os workshops e palestras (que decorrerão na Escola EB 2/3 Dr. Egas Moniz) com a presença de 10 cineastas vindos de todo o mundo e que, entre outras iniciativas, vão filmar e produzir um filme nas ruas, nos campos e pessoas de Avanca. “Criar um espaço de debate” é o objectivo da organização.

O CineEntertainment vai na sexta edição e é dedicada às crianças e incluirá o lançamento do livro “O mistério do quarto escuro” e é a história do cinema contada às crianças por Manriana Bento Lopes com ilustrações de Cibelle Saque.

Diamantino Sabina congratulou-se com o facto do cineclube ter aceitado a Câmara Municipal de Estarreja como “co-organizador deste que é um dos principais eventos do nosso concelho”. “Os números do festival de cinema são impressionantes, quer de obras, quer de partcipantes que nos enchem a alma de bom cinema todos os anos”.

Para o vereador da Cultura, João Alegria, não restam dúvidas da internacionalização do certame e justificou o apoio de 25 mil euros anuais da edilidade com a “criação de um incentivo à produção da sétima arte que pode fazer com que o talento de muitos avancanenses vejam a luz do dia”. Ontem ainda, a Câmara Municipal de Estarreja e o Cine-Clube de Estarreja renovaram o protocolo em que a edilidade se compromete a apoiar com 25 mil Euros a organização do AVANCA2017.

Deixe uma resposta