Empresas

Grupo Salvador Caetano a apoiar famílias carenciadas

O Dia Mundial da Criança foi assinalado com o lançamento de uma campanha de donativos e angariação de fundos para quem mais precisa.

O Grupo Salvador Caetano vai apoiar Colaboradores, reformados e jovens do Centro de Formação Salvador Caetano e respectivas famílias. Com uma verba de 50.000 Euros, a iniciativa “Caetano Presente” pretende
ajudar as famílias que estejam a passar dificuldades na sequência da pandemia covid-19.

Inserido no âmbito da Política de Responsabilidade Social Corporativa do Grupo Salvador Caetano, o “Caetano Presente” vai doar bens alimentares de primeira necessidade e medicamentos a famílias que viram os seus rendimentos reduzidos e, em alguns casos, se debatem com o aumento de despesas com higienização, entre outros.

Para os descendentes do Fundador do Grupo Salvador Caetano, os mentores desta iniciativa, é uma prioridade apoiar os Colaboradores, os Jovens Formandos e aqueles que já trabalharam na organização e que têm comprovadas necessidades económicas e vivem em contextos sociais e familiares complicados. Desta forma, “está a dar-se continuidade a uma prática do Grupo, que sempre esteve presente em momentos difíceis, de que se destacam o apoio no âmbito do Fundo Revita, na sequência dos incêndios de 2017/8, e a distribuição desde 2007 de refeições a instituições de solidariedade social de Vila Nova de Gaia e Ovar, para além de outras
iniciativas de solidariedade social”.

A juntar-se ao apoio de 50.000 Euros da empresa, decorre em paralelo uma campanha de angariação de fundos por colaboradores, que pretende avolumar a verba e apoiar um maior número de famílias. Apesar de surgir no contexto da pandemia que o Mundo atravessa, a iniciativa “Caetano Presente” está preparada para continuar no futuro a ajudar quem mais precisa.

Os quase 75 anos de história são um aglomerar de sucessos e de provações, sendo que a par da gestão empresarial, o desenvolvimento técnico e humano dos colaboradores e a consciência de que estes são o motor da organização, determinam a estratégia de Responsabilidade Social que começa no factor humano interno, estende-se à satisfação do cliente final e à integração activa na comunidade em que as empresas estão inseridas, sem esquecer os restantes stakeholders. “O factor humano – o Homem – é, no seu todo, o único e verdadeiro activo das empresas.”, afirmava Salvador Fernandes Caetano, no 1º Congresso de Ética Empresarial, em 1996.

Corroborando este pensamento, o Caetano Presente é uma forma da actual Administração do Grupo Salvador Caetano agradecer “o potencial, a paixão e o esforço” de todos aqueles que ontem (reformados), hoje (Colaboradores actuais) e amanhã (formandos) contribuem para ultrapassar cada crise.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta