SaúdeSlider

Município optimista quanto à implementação do Sistema Local de Saúde

 

O presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, está a aguardar “sereno e optimista” pela implementação da proposta apresentada, pelo Grupo de Trabalho criado para analisar a prestação de cuidados de saúde na região Ovar, e discutida e aprovada pela Secretaria de Estado da Saúde, a 12 de outubro de 2018.

O autarca vareiro reconhece o mérito da proposta apresentada e considera que, “apesar da remodelação das Secretarias de Estado e do próprio Ministério da Saúde, a proposta vai avançar a curto prazo para a fase de implementação”. Adiantando que “esta proposta é um sinal de acolhimento, por parte da autarquia, das competências na área da saúde, de forma ainda mais abrangente e arrojada do que o previsto em matéria de descentralização de competências”.

A elaboração da proposta “Sistema Local de Saúde em Ovar” encerra a 1ª fase do trabalho desenvolvido por este Grupo de Trabalho, criado por despacho da Secretária de Estado, com o objetivo de analisar a prestação de cuidados de saúde na região Ovar e elaborar proposta viável de articulação de níveis de cuidados, em consonância com as linhas programáticas do SNS+ Proximidade.

A proposta foi devidamente acolhida e aprovada pela Secretária de Estado a 12 de outubro de 2018, que determinou por despacho que se procedesse à implementação da 1ª fase do projeto com data de início operacional em janeiro de 2019. O projeto, considerado pioneiro em matéria de cuidados de saúde de proximidade, inclui, entre outros, a concretização da obra do Bloco Operatório do Hospital Dr. Francisco Zagalo, há muito aguardada e já prometida pela Administração Central, tendo a autarquia se comprometido a assumir a comparticipação nacional.

A Câmara Municipal de Ovar diz-se “consciente da ambição da proposta de mudança” e acredita que o “modelo delineado possa ser um agente impulsionador e catalisador da mudança que o futuro imediato requer para a prestação de cuidado de saúde em Ovar e para o Serviço Nacional de Saúde”. A proposta conta ainda com o compromisso de todos os agentes desde os promotores, aos parceiros e da sua comunidade para que de modo seguro e transparente o mesmo seja concretizado com sucesso.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta