EmpresasSlider

Incêndio na fábrica de papel em Riomeão entra em rescaldo

Está em fase de rescaldo o incêndio na fábrica de papel e cartão Zarrinha, que deflagrou na noite de segunda-feira, em Riomeão, Santa Maria da Feira, depois de ter sido dominado durante a madrugada, sem registo de vítimas.

“O incêndio está dominado. Conseguimos defender parte da estrutura, parte da maquinaria e a área de produto acabado foi consumida pelas chamas”, afirmou o comandante dos bombeiros de Santa Maria da Feira, Jorge Coelho.

Tratou-se de “um incêndio de rápida propagação devido à matéria combustível altamente inflamável”, mas sem “danos a registar nas habitações circundantes” e sem vítimas.

“As pessoas que ordeiramente abandonaram as suas habitações por livre e espontânea vontade estão em segurança. Daqui a algum tempo retornam às habitações”, afirmou Jorge Coelho em declarações transmitidas em directo pela RTP3.

Segundo o sítio na internet da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, o alerta para o fogo, na zona industrial de Rio Meão, concelho de Santa Maria da Feira,foi feito às 21h46 de ontem.

Esta manhã ainda estavam no local cerca de 120 operacionais, apoiados por mais de 40 veículos. Solicitados para combater o incêndio industrial em Rio Meão em apoio aos bombeiros locais foram os Bombeiros de Ovar e de Esmoriz.

Publicado por Ana Oliveira em Segunda-feira, 29 de junho de 2020

Artigos relacionados

Deixe uma resposta