LocalSlider

Início da construção de pistas pedonais e cicláveis

Arrancou, esta manhã, o primeiro lote da empreitada de “Construção de Pistas Pedonais e Cicláveis – Ovar”, orçado em mais de 300 mil euros.

A obra, que tem um prazo de execução de 120 dias, decorre no âmbito do “Plano de Mobilidade Urbana Sustentável do Concelho de Ovar”, pretendendo, segundo Salvador Malheiro, estimular “os modos suaves (deslocações a pé e em bicicleta), sempre que possível numa perspectiva multimodal, designadamente através da integração dos modos suaves no sistema de transportes”.

A Câmara Municipal de Ovar pretende ainda criar condições que permitam a coexistência de modos de transporte na mesma infraestrutura viária, a qual deve primeiramente cumprir os requisitos técnicos e parâmetros de desenho urbano que atendam, designadamente, às características operacionais dos utentes mais vulneráveis (peões e ciclistas).

Integrado no PIMTRA – Plano Intermunicipal de Mobilidade e Transporte da Região de Aveiro, o projecto está incluído no âmbito PEDU – Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano.

O projecto global, avaliado em mais de 600 mil euros, apresenta quatro áreas de intervenção:
1 – Av. Dr. Francisco Sá Carneiro entre a Rotunda da BP e a Rotunda da Estação – Criação de uma nova pista com uma extensão de mais de 400 m, que permitirá a ligação da pista ciclável com início na EN327, cruzando a rotunda das Escolas e finalizando na Rotunda da Estação, proporcionando uma ligação ao Parque Urbano de Ovar.

2 – Ligação da Habitovar à EN327 junto à Pousada da Juventude – Criação de uma pista com extensão de mais de 1500 m que garantirá a ligação entre um grande aglomerado urbano e a ciclovia da EN327.

3 – Ligação da Habitovar à EN327 junto ao Centro Comercial Dolce Vita pela Rua Dr. António Manarte – Criação de uma pista com uma extensão de cerca de 1400 m que efetuará a ligação da Habitovar à EN327, designadamente à zona comercial.

4 – Av. do Emigrante (norte) entre a Rotunda do Carregal e a Rotunda da Varina – Melhoria da pista existente com uma extensão de mais de 1300 m, através da redução do canal viário e transformação da pista existente numa pista ciclável bidirecional, melhorando as condições de mobilidade e segurança.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta