Local

Menino de Maceda morreu devido a meningite

A autópsia realizada a jovem de 14 anos, infectado com covid-19, que morreu no domingo no hospital de São Sebastião, na Feira, determinou que a morte se deveu a uma meningite, confirmando o diagnóstico adiantado à família.

O menino, que residia em Maceda e era jogador de futsal no CCR Maceda, deu entrada nas urgências do hospital no sábado, embora não tivesse sido inicialmente sinalizado como infectado pela covid-19 e também não foi incluído nos óbitos da Direcção-Geral de Saúde.

À entrada nas urgências, apresentava sintomas graves compatíveis com a doença. O jovem já tinha condições médicas antecedentes, nomeadamente psoríase, que pode debilitar o sistema imunitário e tornar a criança mais vulnerável ao novo coronavírus.

Após o teste à covid-19, confirmou-se que a criança estava infectada. Acabou por não conseguir resistir e faleceu na manhã de domingo. Porém, de acordo com a autópsia, a doença não terá sido a causa da morte do jovem.

O funeral aconteceu esta terça-feira na presença apenas da família mais próxima.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta