LocalSlider

Município reforça atribuição de bolsas de estudo no ensino superior

A Câmara Municipal de Ovar vai atribuir bolsas de estudo a 40 alunos ovarenses que frequentam o ensino superior, investindo 36.300 euros na formação superior de jovens vulneráveis, o que representa duplicar a verba concedida, em relação às 18 bolsas atribuídas no ano lectivo anterior.

O presidente da Câmara Municipal, Salvador Malheiro, e os restantes membros do executivo, procede à entrega formal das 40 bolsas aos alunos do ensino superior, efectuando o pagamento de 8 meses, a contar de setembro de 2014, numa cerimónia pública, que terá lugar esta quinta-feira, no Salão Nobre da Câmara Municipal de Ovar.

As 39 bolsas de estudo correspondem a uma comparticipação mensal fixa no valor de 90 euros para um período de 10 meses, no ano lectivo 2014/2015, a contar a partir de Setembro, e uma bolsa de estudo corresponde a uma comparticipação mensal de 120 euros, nos mesmos termos, por se tratar de aluno com deficiência.

Para o presente ano lectivo foram recepcionadas 93 candidaturas às bolsas de estudo, e admitidas 79. Considerando esta procura e a actual conjuntura socioeconómica, a Câmara Municipal de Ovar duplicou o número de bolsas a atribuir, por considerar tratar-se de um “de um apoio que nos permite ajudar e incentivar a prossecução dos estudos dos jovens que se encontrem em situação mais vulnerável. É um investimento que fazemos na formação de quem mais precisa”, justificou Salvador Malheiro.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta