Carnaval

“Muso” da Unidos da Ponte regressa aos Kan-kans

Hélder Ferreira, passista dos Kan-kans que desfilou no Rio de Janeiro pela escola de samba Unidos da Ponte, revelou que voltou a ser convidado para repetir a experiência em 2021. “Mas, em 2021, eu vou ter que ajudar a minha escola de raiz, os Kan-kans!”, respondeu, prometendo que vai “estar de volta a Ovar para dar show na avenida”.

Com novos projectos na manga, o “Muso” vareiro vai reunir com o presidente dos Kan-kans para os apresentar. Se tudo correr bem, a escola vareira “vai levar para 2021 um projecto para a rua que nenhuma outra escola fez até agora”.

A Unidos da Ponte de São João de Meriti foi a terceira escola a desfilar na Sapucaí, na noite de sexta-feira de Carnaval, com o enredo “Elos da Eternidade”, do carnavalesco Lucas Milato reservou o personagem do “Diabo” para o sambista vareiro no meio da sua reflexão sobre a relação da humanidade e a preservação do samba.

A agremiação brasileira exibiu uma comissão de frente que arrancou aplausos do público, com o marcante “E o samba resiste com os sambistas”, no entanto, problemas nas estruturas dos carros alegóricos prejudicaram o resultado final.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta