LocalSlider

Não existe projecto para a antiga Mercantil

A recente demolição da antiga fábrica de descasque de arroz da Sociedade Mercantil de Ovar esteve em análise em reunião do executivo.

O vereador Artur Duarte questionou se havia algum projecto previsto para aquele local, tendo sido informado que nada está programado para aquele local que após demolição do seu interior apenas deixou a fachada intacta.

Na verdade, o Município está a tentar negociar a cedência de parte do terreno agora livre para proceder a um eventual alargamento da Rua da Mercantil e, assim, disponibilizar mais lugares de estacionamento junto à Estação da CP, uma necessidade de que o Executivo liderado pelo social-democrata Salvador Malheiro está consciente.

Alguns apelos houve para que o imóvel fosse salvo. Numa dissertação de Mestrado, em 2016, na Faculdade de Arquitectura e Artes, da Universidade Lusíada do Porto, Carla Lourenço abordou o tema “A valorização do Património Industrial: a indústria criativa como oportunidade de revitalização urbana: a Sociedade Mercantil e Industrial de Ovar”

“Respondendo juntamente à preservação do património e às necessidades locais, comprova-se que as práticas executadas viabilizaram a reintegração destes edifícios industriais na vida contemporânea”, defendia.

“A inovação e a criatividade assumem um plano interactivo que acrescenta valor à cidade. Nestas circunstâncias, a inovação e as indústrias criativas apresentam relações com os centros citadinos, assumindo um dever dominante no desenvolvimento das estratégias de intervenção para estes lugares”.

Também o ambientalista Álvaro Reis, mais recentemente, nestas páginas, lembrava esta “peça do passado industrial de Ovar que merecia, não só pela imponência da sua arquitectura mas igualmente pela sua localização bem destacada a todos quantos circulam na linha do norte, outro ar e até com uma nova utilização”.

A ele como a outros “custa compreender toda esta inércia que se arrasta ao longo das décadas pela defesa do património do burgo ovarense”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta