CulturaSlider

Nelly Correia foi cantar ao Centro de Dia de Arada

O conjunto típico Nelly Correia ofereceu, na última sexta-feira, aos utentes do Centro Social de Arada, uma tarde divertida ao som de alguns dos seus maiores êxitos populares.

O grupo, que conta já com mais de “40 anos de terra em terra ao serviço da cultura”, é composto por diversos elementos radicados no concelho de Ovar (vocalistas Sandra Correia, Arménio Costa e Tony Lyto, e ainda Álvaro Macedo e Domingos Correia, no acordeão, e Manuel Pinto, na viola baixo).

O presidente da União das Freguesias de Ovar, Bruno Oliveira, marcou presença neste momento especial para os utentes da instituição aradense, agradecendo ao conjunto a disponibilidade para esta tarde de animação.

Fundado em 1971, em período de censura, os elementos do grupo costumam contar a história da canção do ‘Chouriço’. Um dia, foram a uma editora do Porto apresentar a música na tentativa de a gravar, mas a resposta foi que era melhor nem pensar nisso e que o melhor era destruir a cassete.

Depois do 25 de Abril foi tudo mais fácil. “Editamos o ‘Chouriço’ e foi um sucesso, vendendo milhares de cópias, já nessa altura”. Mas não deixam de verificar que “antigamente colocávamos os instrumentos na mala do carro e lá íamos, hoje levamos um camião atrás de nós só para levar o material para os espectáculos”.

Os últimos dois trabalhos do grupo são compostos por músicas originais e inéditos escritos pelos elementos do ‘Nelly Correia’. “Cada um de nós tem liberdade para apresentar as letras e depois trabalhamos a música nos ensaios. As canções têm saído assim”.
A nível de concertos, o grupo ‘Nelly Correia’ tem corrido o país de Norte e Sul e já se deslocou a França para alguns espectáculos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta