LocalSlider

Obras no Furadouro não devem interferir na época balnear

A empreitada para a execução dos Arranjos Urbanísticos a sul do Furadouro já está adjudicada, “após um concurso público competitivo”, revela o presidente da Câmara Municipal, Salvador Malheiro, que prevê o seu arranque no início do próximo mês, “de forma a não interferir na nossa época balnear”, adianta o autarca.

Adjudicada por 678.100,17 euros, esta intervenção vai dar uma nova imagem à praia do Furadouro, uma das mais reconhecidas e procuradas da região, e engloba a Marginal Sul, o quarteirão que se desenvolve de um para o outro lado da Rua da Imprensa Portuguesa e ainda uma área para estacionamento a nascente.
Tem como objectivo a organização espacial de toda a área de intervenção, prevendo o arranjo da frente de mar, dos arruamentos e passeios em torno da Rua da Imprensa Portuguesa entre a Av. Tomás Ribeiro e a Av. Infante Dom Henrique.
A intervenção passa ainda pela redefinição de perfis viários e consequente reorganização dos sentidos de tráfego, pela reorganização dos espaços de estacionamento existentes e ainda a criação de novos.
Recorde-se que a implementação de vias cicláveis e espaços para parqueamento das bicicletas é um dos destaques desta empreitada, contribuindo para o fomento da mobilidade sustentável, para o desporto, a saúde e o bem-estar.

“A requalificação urbana, a aposta no turismo, a valorização do território e o impulso à economia local, têm em Ovar uma estratégia integrada e esta obra é disso exemplo”, conclui Salvador Malheiro.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta