CulturaSlider

Pão de Ló de Ovar, doce de Reis … e de VIP’s

 

O programa da manhã da Rádio Comercial, talvez o mais ouvido da actualidade, elegeu, esta semana, segundo o cantor Miguel Araújo, ex-aequo, as “duas melhores sobremesas do mundo”: Pão de Ló de Ovar e Pudim Abade de Priscos. Uma publicidade fantástica e inesperada para o doce vareiro que tem vindo a ganhar espaço nas mesas de Natal ao lado do tradicional Bolo-Rei.

Na cidade de Ovar, em Dezembro, o doce já só se consegue adquirir, se encomendado com antecedência. Nuno Markl, Pedro Ribeiro e Vasco Palmeirim demonstraram até conhecer o que torna o Pão de Ló Ovar único entre os seus pares. “É húmido”, disse um, “Tem pito”, disse outro a propósito de um comentário das redes sociais, “OK”, atalhou Pedro Ribeiro, rindo.

Mas há mais famosos rendidos a esta maravilha da gastronomia nacional. A estilista Tânia Dioespirro, questionada sobre qual é o doce típico da época natalícia que mais lhe abre o apetite, respondeu que “a mesa dos doces é o meu canto favorito do Natal” e que gosta de ter “o Pão de Ló de Ovar por perto”.

O cantor Fernando Daniel, diz que, nesta altura do ano, nunca se esquece de ir “buscar um Pão de Ló de Ovar São João – que, segundo ele, é o melhor da cidade”. Os hotéis mais requisitados também incluem o Pão de Ló de Ovar nos seus menus de Natal e Revéillon. O InterContinental do Porto, por exemplo, apresentava este ano Pudim Abade de Priscos, Filhoses, Arroz doce e Pão de Ló de Ovar.

Os Mercados de Natal também não esquecem o espírito natalício da secular receita vareira. No Perlim, em Santa Maria da Feira, na Praça de Natal, em Gaia, ou na Praça da Figueira, em Lisboa, por exemplo. Na capital, o programa incluía provas comentadas de Pão de Ló de Ovar com o chefe Nuno Queiróz Ribeiro.

E depois há os concursos de doces conventuais nos quais o Pão de Ló de Ovar é quase sempre uma estrela cintilante. Em Novembro, por exemplo, o Pão-de-Ló de Ovar Flor de Liz foi um dos doces preferidos pelo júri do Prémio de Melhor Doce Conventual da 20.ª edição da Mostra Internacional de Doces & Licores Conventuais, que decorreu em Alcobaça.

 

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Leia também

Close