Política

PCP exige reparação imediata dos arruamentos de Arada

Uma delegação da Comissão Concelhia de Ovar do PCP acompanhada pelo seu eleito na Assembleia da União de Freguesias, Paulo Pereira, efectuou uma visita de trabalho, à freguesia de Arada, no sentido de verificar, no local, “o estado lastimável em que se encontram as ruas e perceber as justas reivindicações da população”.

Foi possível constatar, percorrendo as ruas da freguesia, nomeadamente a Rua do Parque Desportivo, Rua da Quinta de Baixo, Rua do Outeiro, Rua da Barge, Rua da Cruzinha, Rua das Pedras de Baixo, Rua do Calvário, Rua da Fábrica, Rua da Preguiça, Rua do Monte, entre outras, o “estado caótico e de degradação em que estas se encontram”. O PCP viu “buracos de grande dimensão, pavimento degradado, ausência de drenagem e escoamento são uma constante que causa imensos constrangimentos à população que, diariamente, se desloca na freguesia”.

Sendo importante a construção do saneamento na freguesia, constitui um facto indesmentível que as obras levadas a cabo pela entidade Águas da Região de Aveiro (AdRA) não têm sido devidamente acompanhadas e fiscalizadas pela Câmara Municipal de Ovar, como seria exigível. “Não pode ser permitido o rasgo contínuo e generalizado das ruas, para a instalação de saneamento, deixando-as num estado lastimável e intransitáveis”. “À medida que o saneamento avança, este deve ser acompanhado de uma efectiva e imediata reparação do pavimento, já intervencionado”. “Esta situação não se tem verificado e é da responsabilidade da Câmara Municipal”, acusam os comunistas.

A população de Arada exige que a Câmara Municipal de Ovar cumpra as suas competências, que acompanhe, fiscalize e nomeadamente exija da AdRA a reposição imediata do piso, no sentido de garantir as melhores condições de circulação nas ruas da freguesia.

Refira-se que esta é uma obra que tinha como prazo inicial Outubro/Novembro de 2017, contudo o prazo foi dilatado para Março de 2018, e o que se pode constatar, é que em Abril não se vislumbra a sua conclusão.

O PCP relembra que é uma obra que visa a instalação da rede de saneamento básico na freguesia de Arada, em Ovar, para chegar a 3 mil pessoas passando a freguesia a ter uma cobertura de 95% do seu território, isto é, cerca de 1.600 casas terão recolha de águas residuais, e para tal, o valor do investimento cifra-se em 2,1 milhões de euros.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta