LocalSlider

Previna-se porque a vaga de frio também vai chegar ao litoral

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) aconselha os portugueses a tomarem medidas preventivas face ao tempo frio e alertou para a necessidade de uma condução cuidadosa sobretudo em locais susceptíveis de formação de gelo.

Com o tempo frio, alerta também a ANPC num aviso à população, podem verificar-se intoxicações por inalação de gases por inadequada ventilação de habitações com lareiras e braseiras, sendo que as mesmas podem provocar incêndios.

O aviso decorre das previsões de diminuição da temperatura mínima, com valores a situar-se entre os quatro graus celsius negativos e os dois positivos nas regiões do interior norte e centro, e entre os zero graus e os quatro graus nas regiões sul e do litoral norte e centro.

Citando as previsões do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para os próximos três dias a ANPC salienta também o vento forte de norte, no litoral e terras altas, com rajadas até 70 quilómetros, e a formação de gelo ou geada nas regiões do interior do norte e do centro.

A ANPC recomenda que se evite exposição prolongada ao frio e mudanças bruscas de temperatura, a proteção com roupas adequadas, a ingestão de bebidas quentes evitando-se o consumo de álcool, a adequada ventilação das habitações, e o cuidado com dispositivos de aquecimento.

No comunicado pede-se ainda para que a população tenha a atenção familiares e vizinhos que possam precisar de apoio, como pessoas mais idosas, crianças e pessoas com patologias crónicas.

O IPMA prevê para terça e quarta-feira temperaturas mínimas negativas em distritos do interior norte. O IPMA emitiu um aviso amarelo (o menos grave) para todos os distritos do continente devido ao frio, atualizado neste dia e que se prolonga até à madrugada/manhã de quinta-feira. O aviso amarelo comporta uma situação de risco para determinadas atividades.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta