Especial VálegaSlider

Procissão junta milhares em Válega

No dia consagrado à Nossa Senhora do Amparo, Válega engalanou-se para ver passar a procissão.

A componente religiosa tem um grande impacto na vida dos valeguenses, e a procissão é disso reflexo, composta por mais de uma dezena de andores que vêm das capelas e igrejas da freguesia que, este ano, passaram nas artérias da vila enfeitadas por tapetes de flores realizados durante a noite pela população.

O cortejo religioso abriu com a Fanfarra dos Bombeiros Voluntários de Ovar, foi acompanhada pela Banda Filarmónica Ovarense, vulgarmente conhecida como “Música Velha”, integrou os estandartes das colectividades valeguenses e fechou com os representantes da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, Domingos Silva e Ana Cunha, Jaime Almeida, presidente da Junta de Freguesia de Válega, e ainda por elementos da comissão de festas, este ano constituída por três mulheres valeguenses.

Esta quinta-feira é o dia dedicado ao Emigrante, com a actuação de Tita e dos SantaMaria a fechar os festejos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta