Quarta-feira , 22 Novembro 2017
Ler também:
Realizador e actriz de “A Floresta das Almas  Perdidas” no Dolce Vita

Realizador e actriz de “A Floresta das Almas Perdidas” no Dolce Vita

O Cinema Dolce Vita de Ovar exibe, hoje, o filme “A Floresta das Almas Perdidas”, de José Pedro Lopes, numa sessão especial na qual estarão presentes o realizador e a protagonista Daniela Love, protagonista do filme, que vive em Cucujães, concelho de Oliveira de Azeméis.

Com estreia mundial no Fantasporto 2017, “A Floresta das Almas Perdidas” é uma longa-metragem de terror passada numa floresta onde pessoas se suicidam. É lá que Carolina (Daniela Love) e Ricardo (Jorge Mota) se conhecem. Enquanto ela cita obras depressivas e ele vive com a culpa da morte da filha, inesperadamente alguém parece perseguir e tentar chacinar uma família próxima.

“A Floresta das Almas Perdidas” é um lugar ficcional que, nesta história, se localiza numa zona fronteiriça entre Portugal e Espanha. O seu nome deve-se ao facto de ter sido o local escolhido por muitos para terminar a sua vida.

Neste lugar sombrio, os destinos de Ricardo e Carolina cruzam-se. Ele é um homem destroçado que tenta encontrar o sítio exacto onde a filha se suicidou; ela, uma rapariga fascinada pelos mistérios da morte. Ao dissertarem sobre a dor e o valor da existência, estes dois estranhos acabam por criar uma intimidade inesperada…

O filme foi o vencedor do prémio de “Melhor Realizador”, no Brooklyn Horror Film Festival, nos EUA, e do prémio de “Melhor Filme”, no Fant Bilbao – Bilbao’s Fantasy Film Festival, em Espanha.

“A Floresta das Almas Perdidas” marca a estreia na realização de longa-metragem do realizador e produtor José Pedro Lopes, que conta na sua filmografia com as curtas-metragens “Survivalismo” (2011) e “O Risco” (2011).

O Cinema Dolce Vita de Ovar tem sessões diárias de cinema, numa parceria da Filmógrafo e do Dolce Vita de Ovar. Os bilhetes têm um custo de 3,80 euros e encontram-se à venda no centro comercial meia hora antes de cada sessão. O horário conta com sessões às 16 horas de segunda a quinta; sexta, fins-de-semana e feriados com sessões às 16, 18.30 e 21 horas.

Deixe uma resposta