Covid-19

Reordenamento da Praia da Azurreira e Cais do Carregal foi consignado

O presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, reuniu na última semana, com elementos da Sociedade Pólis da Ria de Aveiro, para proceder a uma análise e avaliação das intervenções previstas no âmbito deste programa.

Assim, para além da empreitada de ‘Reordenamento e Qualificação da Frente Lagunar de Ovar: Praia da Azurreira e Cais do Carregal’, que se encontra em curso, a Pólis Litoral da Ria de Aveiro deu conhecimento da consignação da empreitada de Reordenamento e Qualificação da Frente Lagunar de Ovar: Praia do Areínho, Cais da Ribeira e Foz do Rio Cáster, agendada para ontem.

Salvador Malheiro mostrou-se satisfeito com o arranque de mais uma obra no âmbito do Pólis da Ria, adiantando que “é nosso desiderato potenciar as riquezas naturais do nosso concelho, como pólos de atracção turística e dinamização da economia local”. A Ria de Ovar é uma dessas riquezas naturais, defendendo que “o início de mais uma obra demonstra que estamos, diariamente, a implementar o nosso plano de acção”. O autarca garante que vai continuar a diligenciar no sentido de avançarem outras obras estratégicas para o concelho no âmbito da Pólis, entre as quais, “o desassoreamento da Ria, a requalificação da Barrinha de Esmoriz, as intervenções nos núcleos piscatórios marítimos e lagunares, a requalificação das praias”.

A obra de ‘Reordenamento e Qualificação da Frente Lagunar de Ovar: Praia da Azurreira e Cais do Carregal’, adjudicada por 331.724,94 Euros, visa a reabilitação de infraestruturas existentes, alteamento das cotas das margens e áreas envolventes, estabilização de margens e a sua requalificação paisagística e ambiental.

Nos trabalhos iniciados no mês de setembro, serão ainda criadas zonas de estadia e lazer equipadas, interligadas através de passadiços, bem como estacionamentos e passeios.
Adjudicada por 439.501,59 Euros, a empreitada do ‘Reordenamento e Qualificação da Frente Lagunar de Ovar: Praia do Areínho, Cais da Ribeira e Foz do Rio Cáster’ foi ontem consignada e arranca no terreno na próxima semana, contemplando o reordenamento e a valorização paisagística da área envolvente ao Cais da Ribeira, incluindo mobiliário urbano  e a construção de um edifício de apoio à Ecopista.

Serão ainda reabilitadas as margens, as acessibilidades e acessos a embarcações. Na Foz do Rio Cáster, proceder-se-á à limpeza de margens e requalificação do coberto vegetal, à regularização do caminho existente na margem, com vista à criação de um percurso ciclável.
Por fim, na Praia do Areínho, será efectuado o reordenamento do espaço público, com a criação de equipamentos de apoio e zonas de estar e lazer e a valorização das zonas verdes existentes com a criação de parque de merendas, campos de jogos e percursos. Será ainda executado um pequeno cais de acostagem para barcos de recreio e um parque de estacionamento.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta