Política

Rui Rio de visita à Exporplás, em Cortegaça

Defende diálogo para a reforma da Segurança Social

O líder do PSD, Rui Rio, passou ontem pelo concelho de Ovar, onde visitou a fábrica Exporplás, que produz corda e fio em plástico com aplicações em diversas áreas, desde a agricultura, à construção e à pesca.

Fundada em Cortegaça, por Orlando Sá, em 1981, é uma empresa portuguesa líder na produção e exportação de cordas sintéticas, fios e fibras de alta performance.

Além de Cortegaça, a Exporplás possui uma segunda unidade de produção localizada em Nacala, Moçambique, onde todos os fios e cordas feitas de fibras naturais são produzidos. A sua gama de produtos é destinada a grande número de aplicações, como agricultura, pesca, embalagens, construção civil e relva artificial.

Daqui, o presidente do PSD seguiu para a visita à metalomecânica Arsop, em Vale de Cambra. No final, defendeu um diálogo entre todos os partidos depois dos próximos actos eleitorais para “fazer uma reforma da Segurança Social a sério”.

“Aquilo que devemos fazer, não em 2019 porque há diversas eleições e não é possível, mas a partir de janeiro de 2020, acho que os partidos se têm de entender quanto a uma reforma da Segurança Social que garanta a sua sustentabilidade futura”, disse, reagindo a um estudo divulgado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos que aponta para a necessidade de aumentar a idade da reforma para evitar o colapso do sistema de segurança social.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta