PolíticaSlider

Salvador Malheiro faz balanço positivo de dois anos de mandato

salvador

Salvador Malheiro completou, esta segunda-feira, dois anos à frente da Câmara Municipal de Ovar, fazendo um “balanço positivo” do exercício de meio mandato, destacando a “proximidade com os munícipes e os empresários, os compromissos assumidos na defesa da costa, a implementação de novas medidas de apoio social, o investimento na educação, na saúde, na coesão territorial e na afirmação do concelho”.

O presidente da autarquia revela que “a concretização dos compromissos assumidos representa uma taxa de execução de 53%, e uma taxa de implementação que ronda os 74%. É um resultado muito positivo, mas já queríamos ter feito mais”, afirma Salvador Malheiro.

“Ovar vive um novo ciclo e uma nova forma de fazer política, assente numa gestão de proximidade. Os contactos frequentes com a tutela e administrações centrais, e a aproximação do poder político aos cidadãos, empresários, instituições e autarcas locais, são a nossa forma de estar e trabalhar, num claro exemplo de rutura com o passado”, considera o autarca eleito pelo PSD.

O autarca identifica estas áreas como prioritárias. Na defesa da costa adianta que o Município encetou “inúmeras diligências e contactos com o Ministério do Ambiente e a Agência Portuguesa do Ambiente, o que possibilitou a assunção de compromissos e de ações imediatas, num investimento conjunto superior a 2,6 milhões de euros”, desde o início do mandato.

No combate ao desemprego, Salvador Malheiro assume que “as empresas são o verdadeiro motor de desenvolvimento local, não só pela dimensão económica, mas também na vertente social, atendendo à necessidade de criação de emprego”, e destaca “a isenção da taxa da derrama para as pequenas empresas e para as sociedades criadoras de emprego, o investimento municipal nas acessibilidades e comunicações das zonas industriais existentes, a conclusão da revisão do PDM, com ampliação das zonas de acolhimento empresarial, e a agilização dos processos de licenciamento.”

No âmbito dos direitos sociais, o edil assegura que consolidou os apoios já existentes e uniformizou as políticas sociais, com a revisão e actualização do RASMO – Regulamento de Ação Social do Município de Ovar. E, pela vez na história do Município, “apoiamos a vacinação das crianças até aos 24 meses e as famílias numerosas, introduzimos o apoio em géneros alimentícios, criamos o Fundo de Emergência Social, organizamos a I Mostra Social, alargamos o apoio às rendas sociais, e aumentamos o número de bolsas de estudo”, recorda.

#(Re)colocar Ovar no mapa de grandes eventos”,  reforçando a competitividade territorial, foi também um dos objetivos do atual presidente. “Tirando partido das condições excecionais que o concelho oferece, e valorizando as riquezas naturais, Ovar tem sido palco de grandes eventos, nacionais e internacionais. A Volta a Portugal em Bicicleta, o Grande Prémio de Ciclismo’15, o Campeonato Ibérico de Triatlo, o Festival Ibérico de Natação Sincronizada, a recuperação do FESTIM, a organização do FESTA, a consolidação do Carnaval, a promoção do património azulejar e do Pão-de-Ló de Ovar, e a criação de novos palcos culturais, são apenas alguns exemplos que nos permitem afirmar Ovar na região, no país e além-fronteiras”, sustenta Malheiro.

Salvador Malheiro garante que, ao longo dos dois anos de mandato, tem olhado com a “mesma preocupação para todas as freguesias. No terreno, identificamos os principais problemas de cada uma das oito freguesias e definimos as prioridades de actuação.”

“Na educação, temos vindo a requalificar os estabelecimentos de ensino, proporcionamos manuais escolares a todos os alunos do 1º ciclo do ensino básico, alargamos o Serviço de Apoio à Família de norte a sul do concelho, apoiamos todos os Agrupamentos de Escolas e as Associações de Pais, e já concluímos e aprovamos a revisão da Carta Educativa”, lembra o autarca.

Por outro lado, em matéria de saúde, o autarca recorda que Ovar “tem uma rede de cuidados de saúde primários de proximidade, que cobre todas as freguesias. Mas, estamos a melhorar as infraestruturas existentes. Em Maceda, adquirimos um espaço para a instalação do novo Pólo da USF Laços, cuja empreitada já se encontra em concurso público, e, em Válega, já se encontra concluído o projeto da nova Unidade de Saúde Familiar”.

No campo desportivo, estão a ser intervencionados os equipamentos mais degradados e vão ser colocados relvados sintéticos em todas as freguesias, uma das promessas eleitorais do atual executivo, que tem vindo a ser cumprida.

“Por um território mais coeso estamos igualmente atentos às infraestruturas”, refere o presidente do Município. “Temos apostado na requalificação das principais vias de acesso às freguesias, e continuamos a defender os interesses do Município junto da AdRA, a fim de obter a cobertura integral do saneamento básico em todo o concelho e a reabilitação das redes antigas”, conclui.

Após este breve balanço, Salvador Malheiro olha para o futuro com “optimismo”, garantindo que continuará a sua “missão pública, assente na inovação e no conhecimento, ouvindo todos os munícipes, de forma a dar resposta a quem mais precisa. Continuaremos a trabalhar, seriamente, na defesa dos legítimos interesses e direitos da população e do território, desenvolvendo e concretizando medidas que promovam a qualidade de vida, que valorizem os recursos existentes e que promovam o desenvolvimento territorial.”

O autarca conclui que “hoje, Ovar é um Município na senda do progresso”. Referindo-se aos cinco eixos do plano de ação, Salvador Malheiro garante que “cada medida é para cumprir. Sabemos o que queremos e qual o caminho a seguir”.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta