Opinião

Satisfaction – Henrique Gomes

Aqui apenas pedimos que as pedras não sejam rolantes, que permaneçam, que formem uma muralha reforçada e consolidada.

O ideal seria se fossem de uma versão de pedra parideira- de auto reprodução, de multiplicação simples e de divisão impossível.

A imensidão, agora calma e quase invisível, solta odores intensos e diminutos sons em onda curta. Um acalmar e uma tranquilidade inimagináveis num recente pretérito imperfeito. Uma pequena satisfação dada por estas pedras que formam irregulares ameias, mas que garantem uma necessária salvaguarda.

Pedras, pedras rolantes são esperadas noutro local, com outro tipo de imensidão por diante.

Uma compacta mole, perturbada e tensa, aguarda para se agitar numa onda só- já tiveram direito a uma espécie de ritmos de aquecimento que apenas fez subir ligeiramente a temperatura. Insuficiente para quem necessita de entrar em erupção.

Gente que espera por Satisfation, expressão de formato saxónico que pedras rolantes produzem.

Henrique Gomes
30.05.2014

Artigos relacionados

Deixe uma resposta