Opinião

Saúde Desportiva – João Gomes

[themoneytizer id=”16574-1″]

 

Nos dias que correm é cada vez mais importante que as nossas virtudes físicas e psicológicas se mantenham o mais eficiente possível. Para tudo na vida é necessário que haja saúde e bem-estar, seja no contexto profissional ou, “apenas, pessoal.

Sendo eu desportista, entendo que o acompanhamento da saúde física e
mental é fundamental para que haja uma alavancagem das capacidades do atleta.

Neste contexto, é relevante que exista uma oferta alargada e sofisticada de serviços ligados à prevenção e recuperação de lesões. No nosso concelho, gostaria de destacar o trabalho que tem vindo a ser realizado pelo estabelecimento denominado FISIO+, situado no Furadouro. Já solicitei várias vezes o atendimento neste gabinete, dedicado sobretudo à fisioterapia, mas não só, que alia ao seu
conhecimento uma vasta gama de serviços:

 Osteopatia
 Ortopedia
 Podologia
 Nutrição
 Psicologia
 Acupuntura

Naturalmente, neste ramo, é necessária uma base de profissionalismo vincado, interligado com a vertente humana, fundamental para a oferta de um serviço optimizado.

Puxando mais uma vez a “brasa à minha sardinha”, torna-se fundamental
compreender que a evolução no desporto exige uma evolução das estruturas de saúde do mesmo ramo de atuação. Portanto, a tradicional visão do tratamento/prevenção deve ser alterada para uma perspetiva de acompanhamento de todo o processo, desde o trabalho de prevenção do atleta há sua integração plena no desempenho da sua função. Além disso, lidar com a personalidade do desportista é basilar para que haja um fio condutor em todo o processo e para que melhor se sirva o mesmo, tendo em conta a sua forma de estar/ser.

A promoção da Saúde, ao qual é somado um atendimento bastante adequado, são essenciais para que as pessoas olhem para a fisioterapia, e outras vertentes médicas, com bons olhos. É importante fazer com que as pessoas não se inibam e beneficiem deste serviço, sabendo de todas as vantagens que traz à saúde do indivíduo.

João Gomes

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Leia também

Close