LocalSlider

Segurança das praias na época balnear acautelada

Os veraneantes e banhistas que frequentam normalmente as praias do concelho de Ovar podem estar descansados. Está assegurada a vigilância de todas as praias do concelho, durante a época balnear 2016, com as Associações Humanitárias dos Bombeiros Voluntários de Ovar e de Esmoriz empenhadas como sempre.

Assim, nas praias do Furadouro Sul, Furadouro Central, Furadouro Norte e Torrão do Lameiro (Marretas), o custo total do Plano Integrado apresentado pelo Município ascende a cerca de 18 mil euros, dos quais a Câmara Municipal assegura 13.700 euros e a União das Freguesias de Ovar cerca de 4.300, com a particularidade desta ter decidido uma contratação individual.

A Câmara Municipal de Ovar assume mais de 75% dos encargos totais a suportar com a vigilância em todo o território, e as Juntas de Freguesia assumem o restante, cabendo ao Município o montante de 41.200 euros, 4.000 euros à Junta de Freguesia de Esmoriz, 2.900 euros à Junta de Freguesia de Cortegaça, e à Junta de Freguesia de Maceda a quantia de 1.700 euros.

“A vigilância das praias exige grande sentido de responsabilidade dado que o que está em causa é a segurança das pessoas”, adianta o presidente da Câmara Municipal, Salvador Malheiro. O Edil diz que, “à excepção da União de Freguesias, que decidiu uma contratação individual, as Juntas de Freguesia de Esmoriz, Cortegaça, e Maceda, a exemplo do ano anterior, associaram-se à autarquia na celebração e comparticipação financeira deste protocolo, que inclui a vigilância de todas as nossas praias”.

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta