Empresas

Toyota aprova saída de bolsa por unanimidade

A Toyota Caetano Portugal aprovou, na assembleia geral de accionistas extraordinária que decorreu esta sexta-feira, a perda da qualidade de sociedade aberta, que implica a saída de bolsa. A proposta foi aprovada por unanimidade dos accionistas que estiveram representados, que controlam mais de 95% do capital social da empresa.

O anúncio foi feito em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a quem a Toyota informa que as acções dispersas em bolsa serão adquiridas pela Salvador Caetano Auto, que é já a maior accionista da empresa.

Na explicação para esta proposta, disponível no seu ‘site’, a empresa diz que “o mercado bolsista não constitui já um mecanismo de financiamento dos capitais próprios”, pelo que “a perda da qualidade de sociedade aberta pela Toyota Caetano Portugal não afecta o normal desenvolvimento da sua actividade”.

A Toyota Caetano, que produz automóveis na fábrica de Ovar, é detida maioritariamente pela Salvador Caetano (68%), tendo a Toyota Motor Europe 27% do capital social. Assim, apenas 5% do capital da Toyota Caetano está em ‘free float’, ou seja, em mãos de accionistas minoritários.

A bolsa de Lisboa tem vindo a perder cada vez mais cotadas nos últimos anos. Este ano já saiu de bolsa a SAG Gest – Soluções Automóveis Globais e deverá concretizar-se a saída da Compta – Equipamentos e Serviços de Informática.
.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta