LocalSlider

Utilizadores questionam obra na Avenida do Emigrante

[themoneytizer id=”16574-1″]

Iniciada em Fevereiro último, à medida que vai tomando forma, a empreitada de Construção da Pista Pedonal e Ciclável da Avenida do Emigrante, tem gerado alguma perplexidade aos seus utilizadores: “Uma só faixa para os automóveis?” “Então e se houver uma emergência? Por onde passa o veículo de socorro?”

São algumas das questões que têm tomado de assalto as redes sociais. Mas resposta a esta e a outras questões está na missiva que Salvador Malheiro enviou aos moradores afectados pelo período de obras. “A obra prevê a construção de uma pista ciclável de duas vias, entre a rotunda do Carregal e a Rotunda das Varinas, na faixa norte da Avenida do Emigrante, e repavimentação do passeio, substituindo a actual pedra-chão por betão colorido”.

Como consequência, o Edil justifica a opção: “Haverá uma diminuição da faixa de rodagem, que será, igualmente repavimentada, dando assim primazia à mobilidade sustentável, em detrimento da circulação automóvel”.

Na faixa a Sul, que não terá intervenção, será eliminada a pista ciclável ali existente, passando a ter duas vias, de “forma a facilitar o escoamento do trânsito de saída da praia do Furadouro”.

A empreitada de Construção de Pistas Pedonais e Cicláveis – Av. Do Emigrante – Lote 2 foi adjudicada por 311.720,00 euros, e visa, segundo a autarquia, a “melhoria da pista existente com uma extensão de mais de 1.300 metros, através da redução do canal viário e transformação da pista existente numa pista ciclável bidireccional, melhorando as condições de mobilidade e segurança”.

Ler também: http://www.ovarnews.pt/praia-do-furadouro-abre-novos-acessos-a-circulacao/

Artigos relacionados

Deixe uma resposta