Opinião

“Vai mas é ovar”, exige Miguel Esteves Cardoso

[themoneytizer id=”16574-1″]

 

O OvarNews terá sido dos primeiros a chamar a atenção para o VAR, sistema de vídeo-arbitragem (sigla em inglês de video assistant referee ou árbitro assistente de vídeo) e no que isso nos lembrava a nossa terra. Até brincamos com os “Trends” que lançavam o VAR para o topo.

Agora é Miguel Esteves Cardoso que, na sua habitual crónica no “Público”, aborda a mesma temática: “Os árbitros ralharam com treinadores quando eles mandaram ovar. Já os jogadores podem passar a partida inteira a mandar ovar. Não será altura de passar a ser falta fazer o gesto de mandar ovar?” (Ler artigo completo)

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta