Covid-19

Recuperação do mercado de jogos de apostas é uma realidade

Os jogos de apostas online estão a ganhar cada vez mais destaque e há muitos que se tornaram populares por oferecerem aos jogadores diversas categorias para que se divirtam e ainda ganhem recompensas em dinheiro. À medida que a competição aumenta, as opções de bónus também acompanham e ainda oferecem, como o 22Bet PT, diversas vantagens, não apenas para melhorar a experiência de seus utilizadores, mas para expandir a sua base e atrair novos jogadores com base na sua fiabilidade.

O mundo está virar-se para o mundo virtual. Trabalhar em casa tornou-se comum, assim como socializar e fazer as compras via web. Não há dúvidas que a Covid19 modificou os nossos hábitos e mostrou-nos que a era digital já é uma realidade. Cada empresa portuguesa com jogos de azar online está a adaptar-se e devemos perceber essa mudança como um sinal positivo.

A Pandemia veio mudar o cenário, mas mesmo antes do surgimento da Covid19, os websites com games já tinham ganho grande espaço no sector. Isso fica a dever-se principalmente às grandes vantagens que muitos sítios web apresentam. Com alguns cêntimos já é possível aproveitar muitas partidas de diferentes modalidades.

Além disso, algumas empresas virtuais apresentam ofertas, viabilizam maiores créditos e atraem ainda mais clientes. Os sistemas para fidelização permitem ganhar ainda mais prémios ou benefícios.

Estas são apenas algumas vantagens que tornam estes sítios tão atraentes para novos clientes e também para os veteranos. Com tanta diversão num só lugar, as últimas notícias dizem que a migração das empresas físicas para o online está em aceleração. O vírus apenas trouxe emergência a um processo que já era inevitável.

As últimas notícias referem que o mercado está a recuperar, ou seja, após o pico de receita observado no primeiro trimestre deste ano, devido à segunda onda da pandemia – a mais dura a atingir Portugal –, o relaxamento do estado de emergência no país acabou por influenciar negativamente os números do sector.

É provável, portanto, que os números do quarto trimestre acabem por reforçar essa tendência, com uma nova queda na receita em comparação com o trimestre anterior. Isso, claro, desde que não haja um novo aumento expressivo no número de casos de Covid-19 e uma volta nas medidas de restrição.

 

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao Topo