CulturaSlider

Uma extraterrestre chamada Chrysta Bell

Quem não ocupou as cadeiras (poucas) vazias no Centro de Arte de Ovar, na passada sexta-feira, não sabe o que perdeu. Não sabe mas nós tentaremos, muito humildemente, encontrar algumas palavras que se aproximem do que vimos. Importa dizer que perdeu um concerto grandioso da cantora, modelo e actriz Chrysta Bell, conhecida por ser uma das divas do realizador David Lynch.

O alinhamento privilegiou o último “We Dissolve”, num cruzamento de pop, rock e jazz com influências de soul e atmosferas dramáticas. Tal como o disco, o espectáculo mistura o lado mais negro de Chrysta com a sua figura esfíngica e sensual, criando um efeito hipnótico raramente visto e ao alcance de poucas neste planeta.

Acompanhada por um leque de músicos extraordinário – Adrian Utley, dos Portishead, o teclista dos Yes, Geoff Downes, e o guitarrista Stephen O’Malley, dos Sunn O, Chrysta disse ao público vareiro que era uma “lucky girl” por ser tão bem seguida.

No dia 10 de junho de 1991, no arrepiante final da segunda temporada de Twin Peaks, Laura Palmer – ou alguém parecido com ela – disse ao agente especial Dale Cooper: “voltaremos a encontrar-nos daqui a 25 anos.” Como prometido, um quarto de um século depois, a série escrita por David Lynch e Mark Frost regressou para uma terceira temporada. No centro da intriga, lá estava a nova personagem, Tammy Preston, uma agente do FBI, interpretada por Chrysta Bell.

Embora We Dissolve tenha marcado o alinhamento do concerto, a cantora revisitou ainda This Train, o seu álbum de estreia, de 2011, totalmente escrito e produzido por David Lynch, com quem editou também, em 2016, o EP Somewhere in the Nowhere e ainda apresentou alguns temas novos, como o fantástico “Blue Rose”, intenso e arrebatador.

A digressão de We Dissolve – gravado em Bristol e produzido por John Parish, vencedor de um Mercury Prize, já não tem datas em Portugal. Foi um privilégio vê-la por cá. (Foto de Erros Meus, com a devida vénia, que também escreve sobre o concerto)

 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta