DesportoFutebol

António Costa acompanha Arménio Pinho na recandidatura à AFA

[themoneytizer id=”16574-1″]

 

Arménio Pinho formalizou a sua recandidatura à presidência da Associação de Futebol de Aveiro, naquela que é a única lista candidata aos órgãos sociais que vão a eleições a 14 de junho, a partir das 17h, na sede da AFA. Depois da vitória nas eleições de 2015, as mais concorridas de sempre da associação, Arménio Pinho concorre a um segundo mandato.

Na lista apresentada estão contemplados novos candidatos em cinco dos seis órgãos, sendo se mantém toda a estrutura do Conselho de Justiça, liderado por Olga Silva, de Anadia.

Já António Costa, de Ovar, é o novo candidato à presidência do Conselho de Arbitragem. Cerca de 25 anos depois de ter tirado o curso de árbitro de futebol, e de ter feito da Arbitragem um modo de vida, eis que chega um novo desafio: liderar a equipa do Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol de Aveiro.

António Costa garante que este “não era um objectivo pessoal, mas o convite do residente Arménio Pinho era, simplesmente, irrecusável, mesmo com tudo o que a aceitação obrigava a abdicar”.

Consciente do “grande desafio”, o macedense diz que é “uma grande honra”, sabendo igualmente que a “equipa está preparada e com vontade de enfrentar o desafio com vontade, profissionalismo e dedicação em prol da arbitragem aveirense”.

De resto, Carlos Correia, de Oliveira de Azeméis, mantém-se como presidente da Assembleia Geral, enquanto Sérgio Vaz, natural de Santa Maria da Feira, assume a liderança do Conselho de Disciplina. O Conselho Fiscal continuará a ser liderado por Carlos Silva, de Espinho.

Recorde-se que, desde a sua primeira candidatura, Arménio Pinho evidenciou a sua determinação em desenvolver um trabalho com “garantia de sustentabilidade, aproximação, inovação, formação e visibilidade da AFA e dos clubes”, tendo, no primeiro mandato, cumprido e ultrapassado todos os pressupostos apresentados.

A implementação da AFA TV, que revolucionou o futebol distrital e ganhou visibilidade no panorama nacional com o “Golo ao Minuto”, e a gravação de jogos na íntegra, bem como a introdução de novas tecnologias para inscrições online dos clubes, foram alguns dos projetos dinamizados sob a liderança de Arménio Pinho.

De realçar ainda a garantia de naming nas principais provas da AFA, através dos vários parceiros e patrocinadores associados, bem como a criação do Campeonato de Veteranos. Através da AFA TV, a Associação de Futebol de Aveiro deu início à transmissão em direto das finais das taças masculinas e femininas de futebol, tal como das Supertaças, garantindo ainda a cobertura dos torneios interassociações.

Noutro âmbito, foi criado o AFA 2024 – Centro de Formação e Investigação, que deu origem ao AFA 2024 – Congresso Internacional de Futebol e Futsal. Foi ainda implementado o projeto FIFA Women’s Training Centers em Aveiro, destacando-se também eventos como a Gala anual do Futebol, Futsal e Futebol de Praia.

Eis a lista dos candidatos aos órgãos sociais da Associação de Futebol de Aveiro:

– Direção: Arménio Pinho (presidente), José Neves Coelho (vogal), Paulo Jorge Araújo (vogal), Alberto Rodrigues (vogal), Ilídio Resende Oliveira (vogal), Ricardo Jorge Alves (vogal), João Vasconcelos Barbosa (vogal), Alfredo Amadeu (vogal suplente), Jerónimo Lopes (vogal suplente), Agostinho Silva (vogal suplente)

– Assembleia Geral: Carlos Correia (presidente), José Silva Santos (vice-presidente), Ana Castanheira (vogal), Mário Castelhano (vogal), António Pedro Ventura (vogal suplente), António Andrade (suplente);

– Conselho Fiscal: Carlos Silva (presidente), Tiago Carneiro (vice-presidente), Luís Teixeira (vogal), Carlos Rodrigues (vogal suplente), Luís Vieira (vogal suplente);

– Conselho de Arbitragem: António Costa (presidente), Luís Falcão (vice-presidente), Augusto Malheiro (secretário), Américo Pinto (vogal), José Carlos Coelho (vogal), Jaime Paulo (vogal suplente), Leandro Costa (vogal suplente), Jorge Tavares (vogal suplente);

– Conselho de Disciplina: Sérgio Vaz (presidente), Ana Silva (vice-presidente), Miguel Paiva (vogal), Tatiana Castanheira (vogal), Rui Ferreira (vogal), Rufino Ferreira (vogal suplente), Miguel Custódio (vogal suplente), Cândido Santos (vogal suplente);

– Conselho de Justiça: Olga Silva (presidente), Ricardo Tavares (vice-presidente), Antero Santos Almeida (vogal), Manuel Almeida (vogal suplente) e António Borges (vogal suplente).

Artigos relacionados

Deixe uma resposta