LocalSlider

Banco Alimentar recolhe cerca de cinco toneladas de alimentos

A campanha que decorreu sob o lema “Se dermos um pouco mais, vai faltar um pouco menos” resultou numa recolha de cerca de 100 toneladas de bens alimentares, no distrito de Aveiro, e cinco no concelho de Ovar.

O Banco Alimentar contra a Fome de Aveiro agradece a todos os que doaram alimentos nas 150 superfícies comerciais e manifesta o seu agradecimento a todos os voluntários que colaboraram na preparação, na coordenação e na realização desta campanha.

Os aveirenses, em todo o distrito, continuam a responder de forma muito positiva ao apelo à solidariedade, ao envolvimento e à partilha para que seja possível ajudar quem ainda se encontra em situação de carência alimentar.
No distrito de Aveiro, mais de 1.200 voluntários de todas as idades, unidos por uma causa, disponibilizaram algum do seu tempo para participar nesta campanha e muitas empresas colaboram com a disponibilização de equipamentos e serviços. Tarefas como a recolha nos estabelecimentos comerciais, o transporte, a pesagem e a separação dos produtos, foram integralmente asseguradas por voluntários, a sua confiança renovada vez após vez na ideia e no conceito subjacente à actividade os Bancos Alimentares contra a Fome.

O Banco Alimentar Contra a Fome de Aveiro recolheu, nas 150 superfícies comerciais envolvidas nesta campanha, um total de 99.227 quilos de géneros. As quantidades angariadas representam um decréscimo de 12,6% em relação à campanha de Maio de 2017, explicado sobretudo pela menor afluência de pessoas às superfícies comerciais, devido ao fim de semana prolongado e pela diversidade de actividades recreativas, culturais, desportivas e religiosas que se realizam por muitas localidades do distrito.

Ao valor recolhido durante o fim-de-semana vão acrescer as doações online e através de vales disponíveis nas lojas, ainda não contabilizadas nessa quantidade.

Odete Marques, presidente do Banco Alimentar de Aveiro, relembra que “os géneros alimentares recolhidos no distrito de Aveiro começam a ser totalmente distribuídos na próxima semana, por um total de 204 Instituições de Solidariedade Social, que os entregam posteriormente a mais de 33.000 mil pessoas com carências alimentares, sob a forma de cabazes ou de refeições confeccionadas”.

“É sempre gratificante constatar que todos os aveirenses, em todo o distrito, e apesar de algumas situações adversas, demonstraram a sua solidariedade e não ficaram indiferentes à realidade que está em nosso redor, procurando sempre minorar as necessidades de quem mais precisa”.

Em Ovar, Fernando Camelo de Almeida agradece publicamente à Cercivar, à Delegação da Cruz Vermelha de Ovar, à Conferência Vicentina de S. João de Ovar, ao Centro de Promoção Social do Furadouro, à Conferência de S. Martinho de Arada, ao Grupo de Acção Social de S. Vicente de Pereira, à Crecor, à Conferência da Sª da Piedade do Furadouro, à Conferência da Nossa Senhora do Amparo de Válega e a todos os voluntários que colaboraram nesta Campanha, em particular aos “nossos motoristas” Anibal e Oscar que prescindem do fim de semana inteiro por esta causa.

Até 10 de junho: campanha “Ajuda Vale” e site de doações online
Quem não teve oportunidade de contribuir no fim-de-semana pode ainda fazê-lo até 10 de junho através dacampanha “Ajuda Vale” com vales de produtos disponíveis nas caixas dos supermercados, bem como no portal de doação online www.alimentestaideia.pt.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta