LocalSlider

Barras de ferro e sacos de areia contra as ondas do mar

Os comerciantes dos estabelecimentos na praia do Furadouro, em Ovar, já estão a implementar medidas preventivas contra o avanço de mar que se prevê vá intensificar-se esta quinta-feira à tarde.

furas 2
Estragos provocados pelo mar em 2014.

Taipais de madeira e barras de ferro deverão chegar para prevenir estragos provocados pela subida do nível do mar no litoral do concelho Ovar.

O Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA) decretou aviso vermelho para sete distritos do continente na tarde de quinta-feira, estando em aviso vermelho por causa da forte agitação marítima os distritos de Viana do Castelo, Porto, Braga, Aveiro, Coimbra, Leiria e Lisboa.

O Furadouro é uma zona já habituada aos recorrentes estragos causados por ondas gigantes, pelo que os estabelecimentos como o Café Amadeu ou a Peixaria Varina, já passaram por algumas situações dramáticas devido à subida dos níveis do mar.

De referir que o Café Amadeu, que, incluindo snack-bar, restaurante e pensão, tem duas frentes para a rua: uma virada para o mar, outra para a referida avenida, já viu a sua uma montra de vidro partida, uma porta com ferrolhos derrubada e louça quebrada.

Salvador Malheiro atento à costa.

“Gosto de andar na minha pesca e sei ver quando o mar está ruim”, avançou o proprietário do Café Amadeu a uma reportagem do Porto Canal: “já há três anos que utilizo placas para proteger as montras, mas veio uma onda com pedras e a água entrou. Vamos ver se este ano será diferente”.

O presidente da Câmara Municipal de Ovar está atento e preocupado com as previsões de agitação marítima para amanhã. “Sobretudo com o período da onda”, realça, adiantando que “a nossa Protecção Civil está accionada ao mais alto nível”. “Esperemos que tudo corra bem mas, por favor, tenham cuidado”, concluiu.

(*imagens do arquivo OvarNews/veja o vídeo do JN)

Artigos relacionados

Deixe uma resposta