CarnavalSlider

Carnaval de Ovar cancela desfile e anuncia espaço coberto

standcf80storecarnaval

 

O balanço é fácil de fazer: Dos três grandes desfiles agendados, os foliões só conseguiram realizar um, o do passado Domingo Gordo e mesmo este já apanhou chuva.

O mau tempo tem afectado os corsos vareiros mais uma vez este ano e hoje a organização reuniu com os responsáveis de grupos e escolas de samba para decidir o que se esperava em face das condições do tempo: o cancelamento do corso desta terça-feira.

A decisão foi tomada por maioria, havendo grupos que não se importavam de desfilar. Destaque-se a existência de uma abstenção.

O presidente da Câmara Municipal de Ovar, Salvador Malheiro, fala em perda de receita “mas nada disto põe em causa o carnaval de Ovar”, prometendo tomar medidas para que a chuva não volte a impedir os corsos, aludindo à possibilidade de cobrir o  percurso.

“Esta é uma decisão difícil, mas corajosa e foi partilhada por todos, já que estivemos reunidos há pouco com os grupos carnavalescos, para analisar a situação “, revelou Salvador Malheiro à Lusa. “Fica toda a gente triste com isto, claro, mas as mais de 2000 pessoas envolvidas no Carnaval de Ovar sabem que o evento habituou o público a um nível de qualidade que o mau tempo de hoje já não ia permitir”, realçou.

O presidente da autarquia propõe-se agora encontrar uma solução que há muito vem sendo reclamada pela comunidade vareira como alternativa a “uma situação ingrata” como a de hoje.

“Ao longo de 60 anos de desfiles organizados, de certeza que já muita gente pensou em ter no concelho um espaço coberto que permita a realização do Carnaval mesmo com mau tempo, porque é injustificável milhares de pessoas trabalharem para o evento durante tanto tempo ao longo do ano e depois estarem sempre dependentes da pluviosidade”, admite o autarca. “É por isso que agora vamos tentar encontrar uma solução para o problema, de uma vez por todas”, anuncia.

Para o corso desta tarde, em que a maior parte dos bilhetes é habitualmente vendida pouco antes das 15:00, tinham já sido adquiridos 2.500 ingressos para lugares de bancada. Os interessados no respetivo reembolso poderão requerê-lo presencialmente no balcão de Atendimento da Câmara Municipal de Ovar, de quarta-feira até 19 de fevereiro, no período entre as 09:30 e as 16:00, bastando que para tal apresentem o bilhete em questão.

Em alternativa, a restituição pode também fazer-se por correio, nas mesmas datas, mediante envio do ingresso para a sede da autarquia, com indicação da morada para a qual deverá ser remetido o respetivo cheque.

Quanto às condições de reembolso relativas aos oito camarotes que integram a plateia dos principais desfiles, a autarquia ainda está a definir os termos da devolução – que será apenas parcial, dado que o uso desses espaços abrange os corsos de domingo e terça, e o primeiro desses foi efetivamente realizado.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta