DesportoSlider

Ciclismo: Henrique Casimiro fecha em quarto na Guarda

A equipa Efapel voltou a estar em destaque no Grande Prémio Internacional das Beiras e Serra da Estrela. Depois de ter ganho as duas primeiras edições desta competitiva prova de ciclismo, fechou a deste ano com Henrique Casimiro, quarto, e Daniel Mestre, nono, entre os dez primeiros. A formação liderada por Américo Silva ainda subiu ao pódio final para celebrar o triunfo a nível colectivo.

Foram três dias muito intensos e exigentes para o forte pelotão que disputou a terceira edição do GP Internacional das Beiras e Serra da Estrela. A derradeira etapa ligou Gouveia à Guarda, com passagem pelo ponto mais alto de Portugal Continental. Foram menos de 170 quilómetros vibrantes e nos quais a equipa Efapel procurou vencer. Henrique Casimiro partiu como o ciclista da estrutura que equipa de amarelo e preto com mais condições para discutir a amarela. Os sete comandados por Américo Silva trabalharam nesse sentido e o alentejano esteve na discussão mesmo até ao fim.

Na meta, Mario Gonzalez (Sporting/Tavira) chegou primeiro isolado. Dimitrii Strakhov (Lokosphinx) foi terceiro e conseguiu recuperar a camisola amarela e vencer a competição. Daniel Mestre e Henrique Casimiro acabaram em sétimo e em oitavo, respectivamente, a 42 segundos do vencedor do dia. Com este resultado, Casimiro subiu ao quarto posto na geral individual, a 12 segundos de Strakhov, enquanto Mestre ascendeu a nono, a 19 segundos da amarela.

Vitória colectiva

Para além do bom desempenho individual, a equipa Efapel voltou a demonstrar a força do colectivo. Prova disso foi a vitória nesse particular. O conjunto liderado por Américo Silva deixou a W52/FC Porto na segunda posição, a dez segundos.

“O balanço da nossa participação é bastante positivo. Estivemos na discussão pelo triunfo até ao fim. Hoje tivemos o Sérgio Paulinho na fuga e ainda procurámos ganhar a etapa. Não foi possível, mas alcançámos o primeiro lugar a nível colectivo, o que é revelador da força do nosso conjunto”, afirmou o director desportivo da equipa Efapel, Américo Silva.

Concluída o III Grande Prémio Internacional das Beiras e Serra da Estrela, a equipa Efapel vai preparar a participação da próxima corrida que se realiza já no próximo fim-de-semana. Pela primeira vez em 2018, a formação de amarelo e preto cruza a fronteira e vai competir na Vuelta Ciclista Castilla y Leon entre os dias 20 e 22 de abril.

Classificação na terceira etapa
1º Mario Gonzalez
Sporting/Tavira
4h08m19s
2º Brandon McNulty
Rally Cycling
a 36s
3º Dimitrii Strakhov
Lokosphinx
a 39s

7º Daniel Mestre EFAPEL a 41s
8º Henrique Casimiro EFAPEL m.t.
18º Jesus del Pino EFAPEL a 57s
29º Sérgio Paulinho EFAPEL a 1m52s
43º Marcos Jurado EFAPEL a 13m14s
52º Rafael Silva EFAPEL a 13m23s
NT Bruno Silva EFAPEL NT

Classificação final
1º Dimitrii Strakhov
Lokosphinx
13h26m57s
2º César Fonte
W52/FC Porto
a 2s
3º Jóni Brandão
Sporting/Tavira
a 9s

4º Henrique Casimiro EFAPEL a 12s
9º Daniel Mestre EFAPEL a 19s
17º Jesus del Pino EFAPEL a 39s
24º Sérgio Paulinho EFAPEL a 4m15s
52º Marcos Jurado EFAPEL a 35m36s
55º Rafael Silva EFAPEL a 36m39s
NT Bruno Silva EFAPEL NT

Artigos relacionados

Deixe uma resposta